Rádio Cultural FM 87.5 FM

Rádio Cultural FM 87.5 FM Ouvir Rádios Online Grátis Brasil Qualidade e Transmissão İninterrupta.


Adicione ao seu site.

Kip conheceu até a fauna. Já só falta um sítio onde ficarem. Alto, acima da palmeira. Isso sim, é um sítio onde dormir. Kumar lidera a subida. O grupo instala-se para a noite, muito bem e aconchegados. Bom, não é lá muito aconchegado. Certo, não o é mesmo nada. O que Maya e Kip não dariam pelo seu ramo de madeira. Pelo menos, é sossegado. “Estão a gozar, não?” “Vai ser uma longa noite.” Não, isto não vai mesmo dar. Castle Rock é o lar. Mas antes de o poderem recuperar, têm de refazer as suas reservas para a dura luta que os espera. Isso exigirá um assalto concentrado à cidade. Feridas saradas e força recuperada, estão prontos para voltar a casa e reivindicar o que é seu por direito. Juntos, na borda do seu território lavam os traços da cidade e apreciam a selva a toda a volta. A linha entre os bem-nascidos e os humildes continua indistinta. Poderá não ser assim para sempre, mas para já, basta. Kip e os seus novos amigos parecem felizes por estar de volta. Mas Maya ainda não pode relaxar. Ainda os espera a parte mais difícil da viagem. Kumar lidera o regresso do grupo a casa. Maya e Kip seguem-no de perto. As irmãs, tornadas humildes pela cidade, seguem atrás deles. Raja já não está na frente. Kumar tem Castle Rock à vista. O inimigo está em casa. Lex pressente que algo está errado. Kumar permanece escondido. Maya deixou Kip na retaguarda e está logo atrás dele. Os soldados ocupam as suas posições. O inimigo ainda não viu Kumar e o grupo está quase disposto. Lex vê movimentos, mas não sabe o que aí vem. O avô vai avançar. Kumar ataca. Nada bom para Lex. Maya está na vanguarda. Vai, avô! Em breve, o nosso grupo escala Castle Rock. Kumar reivindica a sua posição de rei deste castelo. Dominados, Lex e a sua equipa retiram-se. Finalmente, o grupo está em casa. Para Maya e o grupo, é bom estar em casa. Primeiro, as barras. “Sim, ainda é bom.” Depois, é altura de ver como vão os velhos amigos. E não esqueçamos sabem bem quem. É bastante óbvio que teve saudades deles. Aprenderam umas coisas na cidade, cobram renda aos inquilinos. Somos todos criaturas razoáveis da floresta, não vos vamos comer. Mas vamos comer a vossa fruta, passem-na para cá. Os jovens ganharam confiança desde a sua aventura urbana, especialmente Kip, cuja curiosidade floresceu. Castle Rock permanece um bastião para o nosso grupo. À medida que o ano avança e outra época de monções chega e parte a preciosa figueira volta a dar fruto. Desta vez, Maya está nela. Hoje em dia, Maya desfruta de uma nova aceitação por parte das irmãs. Mas algumas coisas nunca mudam. Sim, ainda és importante. Vemos isso. As irmãs ainda têm as atenções de Raja, mas este perdeu o seu apoio. Ao passo que o avô vai continuando. Um modelo para gerações de jovens macacos. Kip é agora um rapazinho bem alimentado e saudável. Tem jeito para fazer amigos. E uma independência que cresce a cada dia que passa. Kip não se limita a sobreviver. Está a florescer. Kumar, agora o alfa do grupo, aconchega-se a Maya e à sua novíssima filha. O futuro deste bebé será seguro. Nada saberá das dificuldades que o irmão sofreu outrora.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *