Rádio Band FM Criciúma 89.1 FM > Rádios ao vivo Online FM Ouvir
  Rádios ao vivo Online FM Ouvir

Menu de rádio
Outro
Bem vindo de volta.
70s 80s 90s Acre Adulta Alagoas Amapá Amazonas Ananindeua Anápolis Araguari Arapiraca Araranguá Automobilismo Bagé Bahia Balneário Camboriú Barbacena Barreiras Barretos Bauru Belém Belo Horizonte Bento Gonalves Betim Blues Blumenau Campos Dos Goytacazes Canoinhas Católica Ceará Classical Comunitárias conversa Cuapiaçu Curitiba Dance Distrito Federal eclectic Espirito Santo Esportes Flashback Futebol Goiânia Goiás Goioxim Gospel Governador Valadares Gravatá Guanambi Guarapuava Hits Ilhéus Instrumental Itaguai Itapuranga Jazz Jornalismo Maranhão Mato Grosso do Sul Minas Gerais MPB notícia Oldies Pará Paraná Pernambuco pop Pop-Rock Popular Popular 1 Popular 2 Popular 3 Popular 4 Porto Alegre Retro Rio de Janeiro Rio Grande do Sul Rock Samba Santa Catarina Santos São Paulo Sertaneja Sorocaba Telemaco Borba Top 40 Três Lagoas Web

Rádio Band FM Criciúma 89.1 FM

Tipos de rádio: Araranguá

  

ADS
Rádio Band FM Criciúma 89.1 FM Ouvir Rádios Online Grátis Brasil Qualidade e Transmissão İninterrupta. Passam-se horas e Maya continua à procura do filho. No outro lado da cidade em ruínas, as irmãs mantêm Kip por perto. Maya chama pelo seu filho perdido. Finalmente, as irmãs perdem interesse e Kip pode partir. Kip está perdido e perigosamente exposto. Maya anda a patrulhar o território há horas, esforçando-se por ouvir os chamamentos do filho. Finalmente. Esta provação terminou. As lições de ontem são claras. Maya precisa de um outro modo de alimentar o filho. Tem de ir para território desconhecido. Na missão de hoje, leva apoio. Kip fica com outro dos humildes. A recompensa desta missão pode ser enorme, mas os riscos também. O predador da borda da floresta é imprevisível e barulhento. Os humanos. Maya tem um vislumbre. "São assustadores!" "Galinhas. Cérebros pequeninos. Repararão, se lhes levarmos os ovos? O vigia dá o sinal. "Caminho livre!" "Entrámos. Confirmo, entrámos." "Ninguém saberá que estivemos aqui." "Somos como ninjas." "Vêm aí! Depressa, última oportunidade!" "Gosto do cor-de-rosa." "Será comida? Quero lá saber!" "Não deixar nada para trás, comer tudo!" "Isto é bom!" "Isto é delicioso!" "Bolo. Adoro bolo." "Abortar a missão!" "Feliz aniversário, miúdo." De novo na floresta, Maya volta a juntar-se a Kip. Os humildes deitam-se com uma sensação desconhecida na barriga. Saciedade. O ataque de ontem não pode ser uma coisa regular. Maya precisa de segurança a longo prazo para o seu filho. Na manhã seguinte, um macho solitário vigia a borda do reino. Maya não estará à espera disto. Kumar está de volta. Tornou-se mais forte e esperto no exílio. Os machos jovens brincam, treinam para o dia em que deixarão o grupo e tentarão a viagem de Kumar. Esta poderá ser a aberta que procura. Um modo de cair nas boas graças do grupo e sarar velhas feridas. Maya avistou-o. Estão finalmente juntos. E pela primeira vez, Kumar conhece o seu filho. Mas, se o homem de Maya quiser ficar, tem trabalho pela frente. Primeiro passo, fazer amizade com os tenentes do alfa. Segundo passo, dedicar tempo a cuidar deles. Em breve, Kumar pode sentar-se e os outros vêm ter com ele. Mas tudo isto nada significa sem o suporte do alfa. Terceiro passo, fazer as pazes com Raja. A oportunidade de Kumar chega sob a forma de jacas. O urso-beiçudo tem o melhor nariz da floresta e encontram-nas primeiro. Os mal-humorados ursos mantêm geralmente os macacos à distância, mas as jacas fazem esquecer o devido lugar. Mas as irmãs são rápidas a lembrá-lo. Porque a jaca não é apenas fruta. É política. Se Kumar aprendeu algo, não voltará a roubar sob o nariz do alfa por muito boa que pareça a fruta. A Maya só se resta observar com o destino do pai de Kip na balança. Kumar move-se, mas não em direção à fruta. Oferece a sua mão em amizade. E o homem de Maya ganha assim um lugar à mesa. Raja precisará em breve de ter a seu lado a força de Kumar. Um grupo rival está avaliar Castle Rock. Lex, o líder desta equipa temperada por combates. Raja avalia a ameaça. Maya leva Kip para lugar seguro. Raja e os outros machos devem defender o grupo de invasores. Abanar ramos é uma ameaça plena.

Comentários

Nenhuma resenha encontrada

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

*