Rádio Amorim FM Sombrio 102.9 Fm

Rádio Amorim FM Sombrio 102.9 Fm Ouvir Rádios Online Grátis Brasil Qualidade e Transmissão İninterrupta.


Adicione ao seu site.

Por outro lado, é muito difícil aproximarem-se à socapa de um grupo de macacos inteligentes. Mesmo a prestar cuidados, Maya está atenta ao grupo e ao perigo. Soa o alarme. A fuga por um triz é um sinistro lembrete da razão porque Maya nunca poderá deixar o seu grupo. A vida no fundo pode ser dura, mas partir por conta própria seria demasiado perigoso. Não poder partir não significa que algo bom não possa vir ter com ela. O seu nome é Kumar. Quase sete quilos de bem constituído macaco. Como todos os jovens machos, deixou o seu grupo em busca de um lar. Maya avalia-o. Kumar vai olhando para Maya. Se Raja o apanha a namoriscar, expulsará o recém-chegado. Kumar não pode ser expulso agora. É a época do namoro. Machos por toda a floresta puxam das suas melhores manobras. Kumar não é exceção. Mas tem um problema. Aí está novamente Raja, a guardar Maya para si. Se Kumar sabe o que é bom para si, manter-se-á abaixo do radar. “Não está ninguém aqui, pois não.” “Estou só à espera de um amigo.” Maya é suficientemente esperta para fingir que não quer saber. A posição de Raja como macho alfa dá-lhe a primazia de todas as coisas. Raja nem olá diz a Maya. Mas quando ela tem um admirador, adivinhem quem anda por ali. Pois, claro. Agora já está interessado. Anda lá, Kumar. Vai com descontração, meu. Kumar tem de tentar algo diferente. Como, talvez Não sei Exatamente a mesma coisa do outro lado da árvore. Não importa. Maya reconhece potencial em bruto quando o vê. Finalmente, com Raja distraído, Maya toma o comando da situação. “Para onde foi ela? O quê? Esperem aí ” Raja sabe que foi enganado. Kumar faria bem em não dar nas vistas. Em vez disso, avança ousadamente grupo dentro, direto a Raja. Os seus sicários apoiam-no com a sua força. Kumar é expulso. Maya vê-o recuar. Isso significa adeus. Maya regressa sob o olhar hostil de Raja. Tudo volta ao normal ou é o que parece. Seis meses depois aconteceu algo que muda tudo. Maya deu à luz o filho de Kumar. Bem-vindo ao mundo, Kip. Maya está consumida por amor incondicional. Está perdida na sua criança. Para manter o leite, já não se pode dar ao luxo de perder refeições. E com Kumar ausente, manter Kip seguro não será fácil. As irmãs dispõem de uma rede de amas, isso para não falar do apoio paterno. Maya terá de o fazer sozinha. Mais do que nunca, tem de triunfar do seu estatuto e bater o sistema. O futuro do seu filho depende disso. O pequeno Kip chegou mesmo a tempo da época das monções. Se achavam difícil tomar conta de um recém-nascido, tentem fazê-lo durante semanas e semanas de chuva torrencial. Castle Rock seria o abrigo ideal para um bebé, mas está reservado para os VIP, cuja experiência em primeira mão da chuva é limitada. Kip estaria muito melhor ali debaixo. Maya só pode sacudir-se e tentar evitar que Kip fique perigosamente frio. Poucas das criaturas do reino apreciam a chuva. Os elefantes podem espalhar lama húmida nas costas, que funciona como protetor solar quando seca. Ventos das monções, soprando dos Himalaias, trouxeram mais chuva nas últimas semanas do que em todo o resto do ano.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *