Radio Toritama

Radio Toritama, Radio Toritama ao Vivo Online

Eu ainda tenho de telefonar para Singapura. Onde está a Jennifer? Penso que estão lá em cima a ver um DVD. Vem aqui quero te mostrar uma coisa. O que achas? É um baloiço. Sim. Estou a pensar por um no jardim para a Sara. Penso que andas a fazer muita coisa por ela. O que queres dizer com muita coisa? Esta não é a casa dela, George. Allie, por favor. Não te ofendas com o que ela disse. As crianças ás vezes tem dificuldade em entender certas coisas. E tu precisas de entender que quando o bebé nascer… …não as voltamos a ver. Não achas que isso é um pouco exagerado? George, a Jennifer é uma carregadora. E decidimos que ia haver um contacto mínimo depois do nascimento. Sim decidimos, mas não estou a ver como Contacto mínimo significa fotografias nos anos do bebé. Mais nada. Allie, por favor. Elas não tem que ir viver para o Alaska. Seria bom, George… …porque eu não as quero aqui quando o bebé nascer. Por favor, Alice, elas tem uma ligação. E Eu sei. É disso que estou a falar. Estás muito próximo delas. Olha, não faças isso. Não me culpes a mim… …porque a ideia de viverem aqui foi tua. É natural que haja um relacionamento. Queria que vivessem aqui para eu criar laços com o bebé. E como vais fazer isso… …se nunca estás perto delas? Olha, A Jennifer carrega o nosso filho… …e aproximares-te da Sara, ou de qualquer outro miúdo… …só vai fazer de nós melhores pais. Graças a deus que não sou a mãe da Sara e tu não és o pai… …por mais que tu queiras estar perto da Jenny. Do que é que estamos a falar aqui? Cada vez que me volto, tu estás perto dela. O quê? Saem para correr juntos, namoriscam enquanto cozinhas… …e agora trabalha contigo no escritório três vezes por semana. Já chega. O meu único interesse na Jennifer … …é que esteja contente e saudável… …enquanto ela carrega o nosso filho. A mim parece-me mais do que isso. Mas não é. Não é. Mas se te preocupas tanto, basta pedirmos que se vão embora. Porque pessoalmente não me interessa que elas estejam aqui ou não. É isso que queres? Não. Pois, mas não me pareceu. Vou dar uma volta, Alice. Alice… O George quer uma família de verdade. Quando ele vir o bebé… …ficará com a Jennifer e tu vais ficar sozinha. Estás morta e mesmo assim não te calas. Eu avisei-te que isto ia acontecer. Cala-te, tia Estelle. As coisas estão a desmoronar-se. Eu sei, eu sei. Eu sei, eu sei. estou preocupada com a Alice. A sério? Anda tão estranha ultimamente. Não pára de matar gente. Isso é verdade, Alice? Não. Bom, ela matou a Dra. Zeller… …e uma tia que tu nem conhecias. Também matou o pai quando tinha anos. Cala-te! George, é uma pega. Olha para ela. Mas é a mãe do meu filho. Não, é o meu bebé! Não. Não, não, não. Claro que não. É demasiado cedo para dizer alguma coisa. Quando chegar o momento falamos com todos. Quem se importa? Que seja o que deus quiser. Não, podes-me dizer agora. Já te volto a ligar. Onde está ela? Quem? Jennifer. Allie, eu estava ao telefone com o Peter Chan de Singapura. Eu disse-te que tinha que fazer esse telefonema. Diz-me a verdade. A verdade sobre o quê? Não aguento estes segredos, George. Diz-me, vais-me abandonar quando o bebé nascer? O quê? Jennifer. Vais-te divorciar de mim e casar com ela? É esse o teu plano? Eu não estou a tentar roubar o George de ti Alice… …e não vou levar o bebé. Penso que temos que repensar esta coisa de vivermos juntos. Penso que não está a funcionar. Meu deus. Cometi um grande erro. Foi sem intenção Alice, basta. Tens de lhe dizer para não partir, George. Para não partir. Ela nunca mais se vai sentir confortável nesta casa. Eu sei cometi um erro. Desculpa. Tens de convence-la a não ir. Por favor. Talvez seja melhor que ela vá, Allie. Estás uma miséria desde o dia que ela entrou por aquela porta. Eu sei, eu sei. Penso que ando bastante stressada. Ando preocupada com tudo. Mas ficarei bem. Por favor, George. Podes solucionar isto. Alice, basta. Não faças isto a ti própria. Assim vais enlouquecer. Falarei com ela amanhã. Está bem. Agora precisas de descansar. Falas com ela amanhã? Está bem. Eu levo-te. Mais alguma coisa? Pelo que a patrulha nos disse, tem com ela dólares em dinheiro. Não me admira que tenha sido um assalto mesmo assim… …quero uma lista de todos os pacientes da Dra. Zeller… …e de todos os que tinham contacto com ela. Compreendido, Marty. Obrigado. Cuida-te. Como estás? Bem. Olha, acerca da noite passada– Antes que digas alguma coisa… …quero que saibas que vou regressar á casa da Lisa. Não me sinto bem aqui. Lamento. A ultima coisa que queria era que tu e a Sara se sentissem incomodadas. Isto também não é bom para a Alice. Este bebé é muito importante para ela. Eu sei que ela passou por muito mas– Ela está aterrorizada e com medo de… …vir a ficar sem este bebé também. Sabes quantas mães substitutas nos vimos antes de te encontrarmos a ti? Se tu ficares… …penso que a Allie superará isto… …como superou tantas outras coisas ao longo da vida. Ela só precisa de mais tempo. Jennifer, eu não te posso dizer o que tens de fazer com a tua vida… …mas espero que fiques. Dá outra oportunidade á Alice. Preciso de pensar. Não prometo nada. Compreendo. Obrigado. Jennifer, queria pedir desculpa por ontem á noite. Estou muito envergonhada com o meu comportamento e peço desculpas. Queria convidar-te para almoçar… …para falar-mos com franqueza. À um restaurante italiano no centro. E autentico. Obrigado, Alice, mas prometi á Lisa… …que íamos almoçar ao Kylie’s Café. Fica para outra vez. Sim, claro. Estamos atrasadas. Eu sei. Tens tudo? Sim. Prefere ir almoçar com a Lisa. Não se dá conta da importância que isto têm? Vão falar de mim. Vão falar de mim. Por isso é que não me convidou. A Jennifer está a começar a conhecer-te. Cala-te. Estou a tentar pensar. quando a Lisa souber o que fazes-te vai dizer para ela voltar para casa … …e adeus bebé. Vão falar de mim. Se não fizeres nada rápido, vai ser tarde demais. Sargento. Sim? Traga o resto dos ficheiros dos pacientes do caso Zeller? Estou a ir. Obrigado. De nada. Alice, vai lá e diz que sentes muito. Não estragues tudo. Vai correr tudo bem.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *