Radio Restauração AM

Radio Restauração AM, Radio Restauração AM ao Vivo Online

-É, Patrick e Mikey. O Patrick é o encostado na roda. É o mais carinhoso. -São lindos. -Umas graças. O Mikey que fez. Que talento! Falando nisso… Trouxemos um presentinho. O quê? -Que demais! Sério? -Tá brincando! -Eu que fiz. -Você que fez? -Olhe só! O que é? -O que é? Uma escultura. O Tim sopra vidro. -Olhe na luz, amor. Meio que… -Maravilhoso. -Divino! -Olhe só. Você que fez? Adotei o hobby na Hungria. Escrevi um artigo sobre o mestre soprador de vidro, Jorgi. -Obrigada. Nem sei o que dizer. -Não diga nada. Deixem aí e usem pra estimular a conversa. -Que bacana. Muito obrigado. -Obrigada. -É melhor irmos. -É, já vamos. Quero dar um presente. Não sabia que íamos trocar presentes. -Não precisa. -Uma bolinha anti-estresse. Não quer. Bobagem minha. Adoraria. -Funcionam! -Obrigado. Obrigada. Eu levo pra pia. -O Jeff leva. -Eu levo. -Não. -Bonito. Somos vizinhos agora. Certo? Já foram ou ouviram falar de uma Junhotoberfest? Junhotoberfest? Vocês têm de ir! É a reunião anual de verão. O bairro inteiro vai. Um grupo divertido. Muitos trabalham juntos. Na MBI? Tem torneio de dardos, tem salsichão… Faço cerveja caseira. É minha paixão. Ótimo! Como sabe onde Jeff trabalha? Ele deve ter dito. Não é, Jeff? -Não disse. -Tudo bem, amor. O Jeff não disse. -A bolinha. -Foi um palpite, eu acho. -Não, está aqui. -É, um palpite de sorte. Vamos indo. Já é tarde. Obrigada por tudo. -Café delicioso. -Obrigada. Nos vemos na Junhotoberfest! JUNHOTOBERFEST Mostro a foto. O Tyler vai pra uma colônia de férias pra asmáticos no verão. -Ele é lindo! -Será divertido. CERVEJA DO JEFF Oi, vizinha. Oi. Peixe grelhado com raspinhas de lima e gengibre. Quem fez isso? A Natalie. Parece que ela faz de tudo. Vai me desculpar! Quem usa aquilo num churrasco? Há crianças aqui. Calma, Meg. É só um vestido de verão. É bem curto e bem chique. Cai superbem nela, mas é um vestido de verão. É ográfico! Olhe o Dan fingindo que está vendo os e-mails. Se tiver foto da bunda dela no celular, a festinha da noite está cancelada! E lá estava eu, no meio do deserto sozinho, sem água, morrendo de sede. Estava escrevendo uma carta de despedida pra Natalie. O que eu vejo vindo no horizonte? O mesmo camelo cuja vida eu salvara três anos antes. -O próprio! -Ele se lembrou? Não, Jeff, não se lembrou. Era um camelo! Mas eu o cavalguei pra civilização. Enviei minha história com minutos pro prazo. Voei até Marrakech e me sentei com Natalie pra fumar narguilé na mesma noite. Quero fumar narguilé em Marrakech. Stacey, sei que parece romântico, mas acredite: o mundo pode ser um lugar sombrio e perturbador. Quer cerveja? Claro! Obrigado. -Pra você. -Tá na mão. Amigo! Amigo! -É muito sangue. -Tudo bem. Não, calma. -Só esguichou um pouco. -Aperte. Segure aqui. Está escorrendo. -Estou zonzo. -Feche a mão! -Talvez eu deva… -Não! Não vai me abalar! -Testemunhe meu destino. -Vai errar! Campeão do bairro cinco anos seguidos! Você quer tentar? Eu? -Não, jogar dardos… -Não aceito ‘não’. Venha. É fácil. É má ideia. Até mostro a famosa pegada Craverston. Está bem. Ponha na mão como se fosse um lápis. Dê uma desmunhecada. Cotovelo pra fora. Agora é só jogar. Assim? Está bom? Você joga como menina. Mas uma menina tão bonita não precisa jogar bem. Posso dispensar a pegada Craverston? Boa sorte. Meu Deus! Olhe só! Talvez deva lhe ensinar a jogar como menina. Meu irmão! Chupa, Craverston! Cale a boca, Oren. Cadê a namorada? Tim. Oi, Karen. Procurava o banheiro. É o escritório do Jeff. Devo ter me perdido… Bela casa a sua! Tem ótimo gosto. Obrigada. O projeto lá embaixo é seu? Jeff mencionou algo sobre mictórios. O cliente tem sempre razão. Mas, sim, são meus desenhos. Tem sempre razão, menos quando não tem. -O banheiro é por ali. -Não precisa mais. Foi a melhor Junhotoberfest que já tivemos. Já viu um casal se mudar pro bairro tão bacana como os Jones? Não vê nada de errado neles? Eles são muito bem sucedidos, estilosos e carinhosos entre eles. Por que morariam aqui? Já disseram que querem sossegar. Ele entrou no seu escritório. E daí? Ele anda pelos bazares de Marrakech, mas se perde procurando um banheiro? Vou lhe dizer algo que aprendi há anos. Quando as pessoas querem fazer cocô, ficam sem graça. Eu também, às vezes. -Acha que era cocô? -Provavelmente. Os Jones parecem mais afetuosos que nós, porque não tiveram de calar a paixão como nós por ter crianças por perto. Agora é nossa vez, nosso verão. Olhe a mão boba! Hora de ativar a ualidade. Não. Faz cócegas, amor! -Seria sem parar. -Vamos! Olhe como é tarde! São as preliminares do Gaffney. Vamos lá! Por favor, amor. Estou cansada, mas noto as coisas. Eu notei quando os McNultys piratearam o cabo dos Yamamotos. Intuição é ótimo. Acredite em alguém com anos de experiência em recursos humanos: os Jones são pessoas perfeitamente normais e comuns. Não soube o que fazer. Saiu fumaça do capô. Americanos entendem de carros… Você é forte! Podem me ajudar? Com certeza. Falou com os caras certos. Americanos são bons em muita coisa… Comando: mostrar e-mails apagados, gama Procurando… DE: convidado PARA: escorpião ASSUNTO: entrega MENSAGEM: Encomenda pronta… Aguardando instruções… Jeff! Jeff, acorde! Quem é você, Tim Jones? Desculpe. Vizinho! -Oi, Jeff. -Caramba! Que vexame… Acontece. Eu ajudo você. -Pronto. -Obrigado. O que faz aqui? Acho seu amor por cerveja contagiante. Ando precisando de um hobby. Em vez de soprar vidro? Além desse. É um hobby legal, mas talvez não tão viril. Ed, atenda meu amigo. Precisa de serpentina, algo pra carbonar. -E fermento. -É o perito. Depois que mofo dá, mofo deu. Brincadeira. Piada de fermentação. Hobby caro. É uma vocação, Tim. Com fome? Faminto! Come chinês? Comida? Menos! SALVE AS CRIANÇAS ÓRFÃS DO SRI LANKA Banheiro. Quero ver alguns esboços. Estou a caminho. Força espiã, ativada. Deixo esta mensagem caso algo aconteça comigo. Estou seguindo Natalie Jones que eu acredito ser… Ligando pra Natalie Jones. Não! Não! Siri! Obrigada. Bom dia. Gostou do livro? Interessante. Oi! Prazer em vê-la. É mesmo. Meu amigo, Jeff. Esses são o Sr. e a Sra. Lu. Vamos lá pra trás. Eu sei! Sinto que estou engordando. Obrigado.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *