Radio Princesa do Capibaribe

Radio Princesa do Capibaribe, Radio Princesa do Capibaribe ao Vivo Online


Adicione ao seu site.

Vamos pra cá, Jeff. Obrigado. Estou escrevendo sobre as joias escondidas da cidade. Aquele lugar é bom, mas este é ótimo. Venha comigo. É bom sair do seu beco às vezes. -É, sim. Amo meu beco… -Aí está ele! Senti sua presença. -E aí? -Como vai? Meu amigo, Jeff. Jeff, Ricky. -É o dono. -Prazer. Sem reverência. Sem timidez. Entre. O cara é travado. Bem-vindo ao Clube Cobra. É a primeira vez do Jeff. Relaxe. Cuidaremos bem dele. -Onde sentamos? -Ali. Obrigado. Quero um shéjiû. Um? -Dois. -Dois? -O mesmo. -Dois shéjiûs, no capricho. Diferente do que esperava? Vou logo avisando: eu e temperos não combinamos. Há ramificações no dia seguinte na privada. Não é isso. Não é picante, mas é autêntico. Estou pronto. Me lembra de quando desci de caiaque o Rio das Pérolas em Zhongshan. É lindo. Muitos lugares iguais a este. Seu emprego é fascinante. Poxa. O seu também. Aposto que me conta histórias. Eu poderia contar histórias de arrepiar, mas sou do RH. Há uma cortina de segredo. Poderia contar, mas teria de me matar. Eu teria problemas com a diretoria. Eu sei que não me mataria. É modo de dizer. Chegaram. Que bom. Olhe esses condimentos étnicos! Muito legal. É molho de soja. -Molho de soja. -Experimente. Isso é bom! O que é? Parece uma cobra. Shéjiû, cara. Vinho de cobra. É de verdade. O álcool neutraliza o veneno. No Cantão, os antigos dizem que vinho de cobra faz o saco despencar. E faz? Tem mate com limão? Querem ouvir o especial? Mostre o que tem. Obrigado. Como descobriu este lugar? Yelp? Meu trabalho é achar lugares assim. Falo com pessoas. Vou a lugares. Quando acho um lugar que gosto, quero compartilhar. Shéjiû! É uma cobra viva! É um restaurante de cobras. Mas o Panda Express não serve panda. Serve? Chamam de víbora dos cem passos porque, se morder, não dá mais de cem passos. -É verdade. -Não. Não é verdade. Tá mais pra passos. É veneno potente. Sinistro! Tenho medo de cobra. Vou comê-las. Desculpe. Ele sabe o que faz. É muito bom nisso. Sente-se. Deixe-o trabalhar. Está em boas mãos. Confie em mim. Não deixe as mãos perto da cabeça, porque ainda morde. Tome cuidado. Tem rolinho primavera? Xará… Tranquilo. Tome! Mais um pouco. Tá na boa. Outra garrafa. Vamos beber pra nos soltar. Deixa serpentear. Um segundo! É a Karen. Alô! Eu disse que tinha algo errado com os Jones. Intuição certa. Segui a Natalie até o shopping. Duas palavras pra você: Sarah Palin. Adivinha? A palavra chinesa pra rua sem saída é… Desculpe. Não estou ouvindo direito. Os Jones não são quem dizem ser. Espere. Desculpe. Karen, eu estou almoçando com o Tim. Não há nada de esquisito mesmo. Está transferindo sua ansiedade com as crianças. Está insegura com a carreira. Você nem comece! Não falo de seus ídolos masculinos. Não tenho ídolos masculinos! Não tenho ídolos masculinos. Tive uma vez quando era garoto. O Bruce? Ela prefere Caitlyn. LIQUIDAÇÃO Não, tem razão. -Olá, Karen. -Natalie! Que surpresa! Está sem roupa ao celular. Eu vou embora. Continua… Deixei um recado de voz pro Tim. Ele gosta de notícias quando experimento lingerie. Conto o que estou vestindo, como fica, o que me faz sentir… Ficou ótima! Aposto que ele adorou. Diga pra ele. É um lance nosso. Mantém a chama acesa. Você e Jeff têm um lance? Eu e Jeff temos um lance. Bem rapidinho caso as crianças entrem no quarto. Vocês parecem bastante uais. Mas seus filhos viajaram, né? Hora de novidades. Por isso veio comprar lingerie? Vamos ver o que escolheu. Não. Peguei na pressa… Me mostre o que acha sensual. São pra mãe do Jeff. Ela tem obesidade mórbida. Anda de scooter. Me sinto mal por… Vamos ser francas, tá? Ele namora Sheila Rondowski. Acho que é esse o nome. Mas é na moita. É proibido, porque ela é chefe dele. Claro. -Isso é bom. Delicioso. -Eu não disse? Incrível… Escute. As pessoas se abrem com você. -Contam tudo. -Contam mesmo. Reclamam muito, mas… Poxa! Ossos do ofício. Não ligo, mas reclamam. Uma pergunta: alguém já contou a você, em segredo, o quanto odeia a firma? Ricky, mais vinho! Guarda rancor? Algo do gênero? Sarah Patel tem síndrome de intestino irritável. Ela tem síndrome de intestino irritável. Muitos colegas sentam perto do banheiro. Às vezes, os intestinos irritam, Sarah. Todos no quarto andar sabem. Não falei disso. Já houve um caso em que alguém pareceu ganhar muito dinheiro, comprar um carro ou roupas novas? Ganhou na loteria? Ou num cassino? Quem foi? O Sanjay comprou um grillbô. O que é? Um cara do trabalho, o Sanjay. Eu sei o que é Sanjay. O que é grillbô? Grillbô é só um tipo de… Parece um… É um robô que limpa a grelha de churrasco. Você põe na grelha, fecha a tampa, ele rumina tudo que está lá e limpa todas as partes nojentas. Deixa tudo limpinho! É como um aspirador de pó pra grelha. Pensei em algo mais caro. Custa $, Tim. É coisa cara. Certo. Mas desligue a grelha. O Sanjay esqueceu. Já paramos de falar do grillbô? Se não vai comer, eu como. Não, coma o que quiser. O problema é que anulou a garantia do grillbô e da grelha. Jesus, Jeff! Ricky! Deus! Largue, largue! Ricky! Nunca tinha visto isso. Vá pegar o antídoto. Vá pegar! Oi, amiguinho! Meu Deus! Não, não, não.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *