Rádio Difusora FM 95.1 > Rádios ao vivo Online FM Ouvir
  Rádios ao vivo Online FM Ouvir

Menu de rádio
Outro
Bem vindo de volta.
00s 40s 60s 70s 80s 90s Acre Adulta adulto contemporâneo Alagoas Amapá Amazonas Ananindeua Anápolis Araçatuba Araguari Arapiraca Araranguá Automobilismo Bagé Bahia Balneário Camboriú Barbacena Barreiras Barretos Bauru Belém Belo Horizonte Bento Gonalves Betim Blues Blumenau bossa nova brasileiro Campos Dos Goytacazes Canções de amor Canoinhas Católica Ceará christian Classical Comunitárias conversa Cuapiaçu Curitiba Dance Distrito Federal eclectic Espirito Santo Esportes Flashback Florianópolis folk Futebol Goiânia Goiás Goioxim Gospel Governador Valadares Gravatá Guanambi Guarapuava Hits Ilhéus Instrumental Itaguai Itapuranga Jazz Jornalismo Kpop Manaus Maranhão Maringá Mato Grosso do Sul Minas Gerais MPB notícia Oldies Pará Paraná Pernambuco pop Pop-Rock Popular Popular 1 Popular 2 Popular 3 Popular 4 Porto Alegre Recife reggae Retro Rio de Janeiro Rio Grande do Sul Rock romantic romântico Samba Santa Catarina Santos São Paulo sartanejo Sertaneja Sorocaba Telemaco Borba Top 40 Três Lagoas Web

Rádio Difusora FM 95.1

Tipos de rádio: Balneário Camboriú

  

ADS
Rádio Difusora FM 95.1 Ouvir Rádios Online Grátis Brasil Qualidade e Transmissão İninterrupta. Cala-te! Ajoelha-te. Está bem, Lin, larga a pistola. Está tudo bem... Ajoelha-te! Já! Está bem. Já! Tenho saudades tuas, papá. Quando voltas para casa? Não tens de quê, cretino. Adoro-te, companheiro. Lamento. Temos batimento cardíaco. Ajudem-me! Qual é o nome dele? Quere-o de volta ou não? Como raio ele se chama? Travis. Travis. Travis. Chamo-me Helen. Sou médica. Siga o som da minha voz. Fique aqui comigo. Vai correr tudo bem. A pulsação dele está a estabilizar. Fique comigo, Travis. Já está. Está a correr bem. Então, meu. Que diabo se passa, hã? A agente da Interpol... Alvejou-te. Lembras-te? Ela matou-te. E trouxemos-te de volta do abismo, meu amigo. É impossível. Bom, na verdade, não é. A Red Mountain tem andado a desenvolver este processo há anos. E não vais acreditar no que eles fizeram para fazer isto resultar. A verdade, é que algumas coisas foram muito maradas, e... ... é confidencial. Como assim confidencial? Porque não me disseste? Acesso limitado a altas patentes, Travis. Ou, muito simplesmente, porque ainda não foste morto. Momentos antes de morreres fizeste um telefonema afirmando que sabias a localização do esconderijo onde o Keith Zera está a prestar depoimento. Lembras-te da localização? Temos menos de duas horas antes de ele prestar depoimento. Esta informação é vital. Longmarket , quarto . Tens a certeza? Sim. Óptimo. O raio deste processo está finalmente a compensar. Agora é contigo. Mata o Zera. Pessoalmente. Pessoalmente? Desculpa, isso é um problema? Agora sou um controlador, senhor. Acabou-se o trabalho sujo. Dei a minha palavra. A quem? À tua mulher? Jim, este é o momento em que te apercebes que a linha invisível entre a amizade e a profissão não está onde pensavas que estava. E porque o Conrad foi sensível e poupou a vida à agente da Interpol, também vais eliminá-la. Sim, senhor. Pronto, é isso, Travis. És uma arma dos diabos. Boa sorte. Jim, tira-me daqui. Não posso fazer isso. Como assim? Este vai ser sempre um trabalho precário. Nunca irás sair desta caixa. Vou chamar a médica. Ela vai dar-te algo para fazer-te ir rápido. Fizemos algumas coisas lixadas. É assim que acaba, amigo. Lamento. Jim? Jim? Jim! Hidromorfina. É um narcótico muito poderoso. Eu sei o que é. É um desperdício. Lamento. O que se passa comigo? Vai morrer. Novamente. Como posso impedir? Não pode. Quem sabe mais do que você? Ninguém. Eu concebi o processo. O seu corpo vai rejeitar o coquetel de drogas. As suas faculdades mentais vão entrar em colapso. Mesmo que sobreviva a isso, o que ninguém conseguiu, há uma protecção contra falhas, incorporado. O dispositivo Lazarus. Quanto tempo tenho? Quanto tempo tenho?! Tem menos de horas para viver. Protejam o perímetro! Vá lá. Mexa-se, mexa-se, mexa-se. Que estás a fazer aqui? Não devias estar aqui. Adam... O que se passa comigo? Está a alucinar. É um efeito secundário das drogas. No seu lugar, fugiria. Cometi o erro de não matar uma mulher hoje. Não me faça arrepender disto. Lamento. Travis, tu desapareceste. Acredita-me, quem me dera estar aí. Onde estás? Na África do Sul. Jesus.

Comentários

Nenhuma resenha encontrada

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

*