Rádio Clube Bandeirantes AM 1350 > Rádios ao vivo Online FM Ouvir
  Rádios ao vivo Online FM Ouvir

Menu de rádio
Outro
Bem vindo de volta.
00s 40s 60s 70s 80s 90s Acre Adulta adulto contemporâneo Alagoas alma Amapá Amazonas Ananindeua Anápolis Apparecida Araçatuba Araguari Arapiraca Araranguá Automobilismo Bagé Bahia Balneário Camboriú Barbacena Barreiras Barretos Bauru Belém Belo Horizonte Bento Gonalves Betim Blues Blumenau Bom Successo bossa nova brasileiro Campos Dos Goytacazes Canções de amor Canoinhas Carapicuiba Católica Ceará christian Classical Comunitárias conversa Country cristão cristão contemporâneo Cuapiaçu Cuiabá Curitiba dança Dance Distrito Federal eclectic eletrônico Espirito Santo Esportes Flashback Florianópolis folk Fortaleza funk Futebol Goiânia Goiás Goioxim Gospel Governador Valadares Gravatá Guanambi Guarapuava Hits Ilhéus Instrumental Itaguai Itapuranga Jaquaritinga do Norte Jazz Jornalismo Kalore Kpop Manaus Maranhão Maringá Mato Grosso Mato Grosso do Sul Minas Gerais MPB notícia Oldies país Pará Paraná Pernambuco pop Pop-Rock Popular Popular 1 Popular 2 Popular 3 Popular 4 Porto Alegre Recife reggae Retro Ribeira Rio de Janeiro Rio Grande do Sul Rock rock clássico rock'n'roll romantic romântico Samba Santa Catarina Santos São Paulo sartanejo Sertaneja Sorocaba Talk Telemaco Borba Tiete Top 40 top40 Três Lagoas Vila Velha Web

Rádio Clube Bandeirantes AM 1350

Tipos de rádio: Balneário Camboriú

  

ADS
Rádio Clube Bandeirantes AM 1350 Ouvir Rádios Online Grátis Brasil Qualidade e Transmissão İninterrupta. Não, estava a ajudar-te. -Por favor, não mintas. -Eu juro Está bem, só um pouco. Usei-te só um bocadinho. Mas não foi por tua causa. Foi por minha e para me ajudar a mim próprio eu queria ajudar-te a ti. Meu Deus, eu Agora que me ouço a dizer isto soa pior do que é. Pensei que me estavas a ajudar porque gostavas de mim. Desculpa. Não te quero a dormir mais na minha cama. Não quero que fiques mais na minha casa. Meu Deus. Demasiado aperaltada? Nem pensar. Não. Acho que toda a gente aqui está mal vestida. Acho que deste muita classe ao sítio. Acho que eles deviam pagar-te para vires ao jogo. Desculpa. É o meu filho. Olá, querido. O quê? Desculpa, esqueci-me do código. O Hugo está aí? Graças a Deus, não graças a ti. Posso falar com ele? -Não. -Por favor? Deixa-me explicar. Como explicas a uma criança que abriu o coração para ti que estavas apenas a usá-la para seduzir a avó de uma rapariga de quem ele gosta? Não posso acreditar que fui estúpida o suficiente para deixar que o humilhasses assim. Desculpa, está bem? Onde está a câmara do Hugo? Prometo que a devolvo. Então foste tu que a roubaste. Não, não a roubei. Não, Sara. Não me expulses, olha Somos família" Não. Não és família. Não passas de um preguiçoso de anos quem não pensa em mais ninguém a não ser em si próprio. Não roubaste apenas a câmara. Roubaste-lhe a esperança. Roubaste-lhe os sonhos. Mas acaba aqui. Nunca mais me vais usar a mim ou ao Hugo, percebes? Tenho . Quê? Disseste que tenho , mas tenho anos. -Não, não tens. -Claro que tenho. Mas eu tenho . -E então? -Tu és o meu irmão mais velho. Não sei o que te dizer. Sabes que mais? Espero que cresças um dia. Mas não será na minha casa. Está bem, tenho . Certo, . Somos gémeos! Está bem? Bem-vindo a minha casa, é isso Tens de mostrar os teus sentimentos na tua vida -Não tens de cantar, por favor. -Diz o teu nome. Diz o teu nome. Maximo. Não é vergonha, estás na casa da Cindy Casa da Condy. Obrigado por me deixares ficar. Atenção. Temos um bom chá quente. Acho que tirei todos os pelos. E podes ficar quanto tempo quiseres. Tenho a certeza que arranjarás uma maneira de me pagar. Eu percebo. Bate-me. Contacto visual. Não percas o contacto visual. -O que estás a fazer? -Estou prestes a pagar-te. O quê? Meu Deus! Não, para. Por favor, para. -Não é isto que queres? -Não. Meu Deus, não. Tapa-te. Não estás atraída por mim? -Não. -A sério? De todo. Não, sinto-me atraída por homens mesmo muito bonitos. Homens com caras bonitas, corpos bonitos, musculados, jeitosos e mais novos, muito mais novos que tu. E altos, muito mais altos. Mas isso sou eu. Então porque me deste o emprego? Acho que gosto de ajudar pessoas desfavorecidas, magoadas, tristes, tristes criaturas. Porque achas que tenho tantos gatos? Eles precisam de mim, mas eu preciso deles. Mas eles magoam-te vezes sem conta. Este aqui, não é? Eu sei. Só porque me magoam não significa que não gostem de mim. Eu tomo conta deles e não espero nada em troca. Estes gatos são a minha família. Eu tive a chance de fazer parte de uma família. Estraguei tudo. Não acho que tenhas estragado tudo.

Comentários

Nenhuma resenha encontrada

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

*