Rádio 102 FM Itajaí > Rádios ao vivo Online FM Ouvir
  Rádios ao vivo Online FM Ouvir

Menu de rádio
Outro
Bem vindo de volta.
70s 80s 90s Acre Adulta Alagoas Amapá Amazonas Ananindeua Anápolis Araguari Arapiraca Araranguá Automobilismo Bagé Bahia Balneário Camboriú Barbacena Barreiras Barretos Bauru Belém Belo Horizonte Bento Gonalves Betim Blues Blumenau Campos Dos Goytacazes Canoinhas Católica Ceará Classical Comunitárias conversa Cuapiaçu Curitiba Dance Distrito Federal eclectic Espirito Santo Esportes Flashback Futebol Goiânia Goiás Goioxim Gospel Governador Valadares Gravatá Guanambi Guarapuava Hits Ilhéus Instrumental Itaguai Itapuranga Jazz Jornalismo Maranhão Mato Grosso do Sul Minas Gerais MPB notícia Oldies Pará Paraná Pernambuco pop Pop-Rock Popular Popular 1 Popular 2 Popular 3 Popular 4 Porto Alegre Retro Rio de Janeiro Rio Grande do Sul Rock Samba Santa Catarina Santos São Paulo Sertaneja Sorocaba Telemaco Borba Top 40 Três Lagoas Web

Rádio 102 FM Itajaí

Tipos de rádio: Balneário Camboriú

  

ADS
Rádio 102 FM Itajaí Ouvir Rádios Online Grátis Brasil Qualidade e Transmissão İninterrupta. vocês pagavam dólares só para se certificarem que isso acontecia. Do género: “Está aqui o dobro. Não me enganes nesta , meu. Não estou a falar de me preparar às oito. Quero dizer, um quarto de hora antes estamos a vestir os pijamas. Quando chega às oito quero estar quase lá. Entendem? Estou quase a dormir! Deixa-me em paz!” Agora entendo os velhotes. Entendo mesmo. Em miúdo não entendia os meus avós. Não entendia. Agora entendo. “Jantamos às :.” “Porque não?” Jantar às :. Dormir às :. Acordar às :. Ver o mundo! Ver o mundo todo. É a única maneira de o fazerem. A única maneira de o fazerem é acordar às :. Porque quando acordam às : Boa! O meu avô costumava estar na varanda para apanhar o jornal da manhã e depois gritar: “Porque estou à espera há meia hora?” Isso é que é um explorador. Vejam, o que estou a tentar dizer é que, se morrermos todos ao mesmo tempo, é como se ninguém tivesse morrido. Se o Trump ganhar as eleições, pessoal, vamos todos viver para sempre. E o mais triste é que isso pode ser um verdadeiro slogan até novembro. “Vote em mim, todos viverão para sempre.” Tipo: “O quê? OK. E o intervalo será mais longo? Este tipo sabe algo que nós não sabemos. Gosto disso.” Se eu mandasse, ficaríamos com outro queniano por mais quatro anos. Entendem? Algumas pessoas estão a dizer: “Acabou a piada e começou o manifesto.” E as pessoas que aplaudiram a piada estão a dar um sinal ambíguo. Acham que ele não é cidadão americano? Concordam com o meu sarcasmo ou não interpretam o meu sarcasmo? “Sim! Venha outro queniano!” Eu sei que o Barack Obama é cidadão americano. Muitas pessoas pensam que não. Uma delas pode chegar a presidente. Por isso, se não estão assustados agora, pensem nisso. Eu gosto de imaginar que ele não é cidadão americano. Ser o primeiro presidente preto neste país, com as s que têm acontecido e a tensão racial atual neste país, ser o primeiro presidente preto é fantástico. Mas, a adicionar a isso, nem sequer ser cidadão americano? O quê? Desculpem. O quê? Isso é espantoso! O trabalho é teu até não o quereres mais. Se ele não fosse mesmo cidadão americano, tipo: “Bem, apanhaste-nos, é teu. Obviamente, não temos qualificações. É teu, meu.” Se ele não fosse mesmo cidadão americano, imaginam a primeira noite com a Michelle na Casa Branca? Ele diria: “Acreditas nesta ? Eu estava a gozar! Nunca pensei que chegasse tão longe. Sinceramente, nunca pensei que chegasse tão longe.” A Michelle diria: “O que vamos fazer? O que vamos fazer, caralho? Vai só dizer que foi a gozar e vamos embora daqui.” “OK. Calma.” Se soubessem que isto tinha realmente acontecido na Casa Branca, diriam: “Vamos dar-lhes anos. São assim tão adoráveis? Que sejam anos.” Adorava que, no seu último dia, ele viesse a público e dissesse: “Tenho de vos confessar uma coisa. Eu nem sequer sou cidadão americano.” Não será que todos nós, mesmo os que o odeiam, diríamos: “Deixa-te de brincadeiras, Barack! O quê? Seu filho da mãe! És muito bom, meu. És bom. És o melhor. Como é que fizeste isso? Nós investigámos. És literalmente o único presidente que investigámos.

Comentários

Nenhuma resenha encontrada

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

*