Rádio Cidade JAHU 87,9 FM

Rádio Cidade JAHU 87,9 FM Ouvir Rádios Online Grátis Brasil Qualidade e Transmissão İninterrupta.

Adicione ao seu site.

Quero ir contigo à serra ou onde for. Anda, me dá o cinto. Não quero ser um problema. Uma mulher casada tem que estar junto de seu marido. María, pensei esses dias em tudo. Tenho que fazer muitas coisas que me vieram à mente. Você irá com sua tia Rosario a uma aldeia onde esteja segura. E eu irei te ver sempre que puder. Ei, você, Niceto! O que você quer? Sou amigo de Paco Morales. Ele me disse que você e eu poderíamos entender-me contigo. E o que quer? Todos os dias que vier diligência, nos mandará um homem. Em caso de que venha escoltada, o homem usará chapéu. E, em caso contrário, a cabeça descoberta. Irá no caminho das serras para a montanha de Las Jaras. Ali estará duas horas certas, ao pé do monte. Meus homens guardarão dia e noite os caminhos. Quero que cada diligência pague religiosamente seu direito de passar por minhas terras. Daqui a duas semanas, meus homens começarão a cobrar a cada carruagem o combinado. E nada mais, senhores. Ponham isso ao conhecimento da Real Companhia de Diligências e de todo o mundo. E desculpem por tê-los feito levantar a essas horas. Podem ir-se. Ah, um momento. E advirtam vocês à autoridade que José María não gosta de matar ninguém. Estamos combinados? Sim, senhor. E você? Sim, senhor. Tudo bem. Anda, para casa. As diligências e os correios pagam para atravessar minhas terras. Os moinhos e as fazendas pagarão também, para que lhes protejamos. Vão atirar em cima de você toda a força policial da Andaluzia. Por isso estou falando contigo. Se você fizer o mesmo que eu em outro lugar, a muitas léguas daqui, as forças policiais terão que se dividir. Você seguramente terá pensado qual é a região que mais te convêm. Veja, El Lero, eu te estou agradecido. Você se portou bem comigo. Se aceita, dominaremos estas terras sem arriscar nada. E tiraremos muito mais proveito. Andaluzia inteira será para nós. Estou cansado, José María. Não digo que não tenha razão. A única coisa que quero é viver tranquilo. Retirar-me e comprar uma fazenda perto de Granada. Isso não é para mim. Eu posso fazê-lo por conta própria. Se te ofereço é porque sei que posso confiar em você. Pense. Já o tenho bem pensado. Seguirei como até agora. Sinto não chegar a um acordo contigo. Bom, não temos mais nada para falar. Estou indo. Pense, homem. Pense. Discuta com teus homens. É melhor para eles. Veja, deixe para mim as províncias de Córdoba, Málaga e Sevilla. E para mim o resto da Andaluzia? Aldeias miseráveis, caminhos de mendigos? Não, estou bem como estou. Deixemos isso. Tudo bem, deixemos. Não posso aceitar. Mas, El Lero, o que quer? Toda a província de Málaga, um quarto do que você coletar da Real Companhia de Diligências e o direito de proteger as fazendas e moinhos da parte norte de Sevilla. Agora! Ôpa! Os papéis? Perdoe-me, padre, mas é minha obrigação. Está cumprindo com seu dever. E me diga, se é tão amável, a que se deve essa vigilância? Um liberal escapou da “cuerda de presos”. Um homem perigoso, ao que parece. Já vocês darão com ele. À lei não se burla tão facilmente. Fique com Deus, filho. Burra. Padre, o que quer?



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *