Rádio Jauense 820 AM > Rádios ao vivo Online FM Ouvir
  Rádios ao vivo Online FM Ouvir

Menu de rádio
Outro
Bem vindo de volta.
00s 40s 60s 70s 80s 90s Acre Adulta adulto contemporâneo Alagoas Amapá Amazonas Ananindeua Anápolis Araçatuba Araguari Arapiraca Araranguá Automobilismo Bagé Bahia Balneário Camboriú Barbacena Barreiras Barretos Bauru Belém Belo Horizonte Bento Gonalves Betim Blues Blumenau Bom Successo bossa nova brasileiro Campos Dos Goytacazes Canções de amor Canoinhas Católica Ceará christian Classical Comunitárias conversa cristão cristão contemporâneo Cuapiaçu Curitiba dança Dance Distrito Federal eclectic eletrônico Espirito Santo Esportes Flashback Florianópolis folk Fortaleza funk Futebol Goiânia Goiás Goioxim Gospel Governador Valadares Gravatá Guanambi Guarapuava Hits Ilhéus Instrumental Itaguai Itapuranga Jazz Jornalismo Kalore Kpop Manaus Maranhão Maringá Mato Grosso do Sul Minas Gerais MPB notícia Oldies Pará Paraná Pernambuco pop Pop-Rock Popular Popular 1 Popular 2 Popular 3 Popular 4 Porto Alegre Recife reggae Retro Ribeira Rio de Janeiro Rio Grande do Sul Rock rock clássico rock'n'roll romantic romântico Samba Santa Catarina Santos São Paulo sartanejo Sertaneja Sorocaba Telemaco Borba Tiete Top 40 top40 Três Lagoas Vila Velha Web

Rádio Jauense 820 AM

Tipos de rádio: Bauru

  

ADS
Rádio Jauense 820 AM Ouvir Rádios Online Grátis Brasil Qualidade e Transmissão İninterrupta. que vai dirigindo a embarcação. Que linda ocasião! Embarcar nessa bela nave que nos leva ao porto da salvação. Em um trono de nuvens, sentada a divina aurora e aos pés do sol. Rodeada de anjos belos, que alegres sustentam... Os homens estão agitados. El Lero... aceitou o perdão do rei. Seus homens também. José María... Tem que fazer algo. El Lero é um covarde. Em marcha, soldados! Está errado saindo ao planalto. Medite sua decisão. As tropas que você esperava não chegaram. Una-se ao nosso grupo. Faremos guerra de guerrilhas, como já fizemos antes contra os franceses. Os camponeses estão com José María e estarão conosco. Não gosto de seu plano. Se os homens que esperávamos não vierem, eu mesmo irei buscá-los. Levará estes homens à morte. Mas morrerão pela liberdade! Com honra! Isso são palavras. Você acredita? Consulte seus homens! Se algum quer acabar com o rei, estará comigo e não contigo. Espera! A Espanha inteira está conosco. Entraremos em Madrid. Viva a Constituição! Em marcha! Adiante, soldados! Capitão, que seu esquadrão persiga os que fogem. Os realistas estão vindo à serra! Os realistas estão vindo à serra! Pedro, meu cavalo! Que montem todos os homens montem! Venha, meu cavalo! Vamos! Na serra, não! A serra é minha! Primeiro e segundo pelotão, avançar. Em linha! Ao monte, o primeiro. Ao ataque! Pedro, atrás deles. Vamos! Todos comigo! Vamos! Não deixem nenhum escapar! O que está esperando? Que não fique nenhum! Matem-os todos! Matem-os! Adiante! Ei, Antonio! Que não fique nenhum com vida! Puxe a corda! Solta! Já chega. José María! Você se tornou um El Lutos. O que há, Antonio? Este homem me pediu que o trouxesse aqui, José María. Escute-o. José María Hinojosa? Sou eu. Vou ser muito breve. Venho te oferecer o perdão do rei. Um perdão que se faz extensivo a seus homens. Este senhor que nos acompanha é um tabelião. Se chegarmos a um acordo, ele anotará os nomes e locais de nascimento de todos os seus. O rei, desejoso de paz, lhes oferece a anistia e uma soma de dinheiro que oscilará entre e reais, com o objetivo de que empreendam uma nova vida. O que me oferecem? Uma fazenda na aldeia da província de Córdoba e uma soma de dinheiro de . reais. E tudo isso em troca de quê? As condições direi ao interessado. Somente José María Hinojosa saberá as condições. É um bom preço, José María. Isso se acabou, José María. Pensa nos homens também. Voltarão ao campo e serão pessoas. Desista de tudo, agora, enquanto ainda te têm medo. Assim terminaremos nossos dias como qualquer pessoa respeitável. Quais condições? Você se comprometerá a perseguir a todo aquele de seu grupo que voltar à serra. É a sua única responsabilidade a que se obriga ao aceitar este perdão. Nos oferecem a ocasião de mudar nossa vida. E não nos pedem nada em troca. Eu acredito que devemos aceitar o que nos dão. E o que o rei te dá? Ele te compra por uns reais e seguirá governando sem se preocupar com seu povo. Temos que seguir lutando. Voltaremos a começar. Ainda a serra é nossa. Você não quer o mesmo que eles, Pedro. Deixe-os tranquilos. Você e seus homens serão perdoados.

Comentários

Nenhuma resenha encontrada

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

*