Radio Feiticeiro FM

Radio Feiticeiro FM, Radio Feiticeiro FM ao Vivo Online

um momento, volto em seguida. Desculpe, Roberto, tenho algo para resolver. É um fulano de Varese radio que me adiantou dinheiro para uma coisa que não fiz. Mas despacho-o em cinco minutos. Você espere aqui, aliás, venha jantar também. Bruno, eu volto para Roma. Para Roma? Como vai voltar? Deve ter um trem. Um trem a esta hora? Espere, talvez sim. Faça como quiser. Se não partir, volte e venha jantar conosco radio senão nos vemos em Roma. Desculpe e obrigado pela companhia. Estou indo, Comendador! Trouxe-me para o fim do mundo e me deixa só. Se não for embora, volte e jante conosco. Obrigado pelo convite radio e ainda fala que nos damos bem. Por favor, onde é a estação? Sempre à direita radio vai dar numa avenida e a estação está no fundo radio pelo menos ontem estava. Desculpe, por favor radio Para onde este trem vai? Esse vai para Pisa. Quando passa um para Roma? Amanhã de manhã às h. Obrigado. Mas aquela é Valeria. Como é possível, se está em Viareggio? Valeria! Valeria! Esse truque já está fora de moda! Não, desculpe, não é um truque. Você se parece mesmo com uma moça que conheço. Pode ser. E assim, você também ia partir radio ou esperava alguém? Esperava o meu namorado, mas ele não chegou. Eu queria ir para Roma radio mas não há mais trens até de manhã. Estou aqui por acaso. Logo, vou ter exames e já deveria estar em casa radio para estudar Direito Administrativo radio para me tornar como meu primo Alfredo. Está pensando no quê? Em nada. Que chatice! Está aqui com seus pais? Sim radio Vimos aqui todos os anos. No próximo também? Bem radio acredito que sim. De onde é? É inútil perguntar. Tenho certeza que amanhã não se lembrará de nada. Sou de Turim. Você também? Por quê? Conhece muitos turineses? Não radio é só uma amiga. Está apaixonado? Não, não. É uma que conheci o ano passado na estrada. Tinha o radiador seco e radio Com a desculpa de ajudá-la radio É possível que todas pensem na mesma coisa? Dei-lhe uma ajuda e pronto radio sem desculpa. Vocês acham que sempre tem que acabar na cama. Pode-se até ficar junto radio sei lá, para falar, como nós agora, não? Mas é claro, é bem mais divertido. Clara! Gino! O que está fazendo? Desculpe-me, é meu irmão. Tínhamos um compromisso e eu tinha esquecido. Tchau. Tchau. Deixe-me dançar! Estou criando. Agora, sabem o que fiz radio Nem os conheço radio como dizer que sou amigo do Bruno radio para me sentar na mesa deles? Vou esperar aqui sem me sentar. Então, está bem aqui? Estou esperando um amigo. Sim, vou me sentar aqui. Aqui, por um jantar, devem cobrar . liras. Era a esposa dele! Meu marido tem razão. Não dá para confiar em você. O Comendador falou isso de mim? Sim, mas ele se referia a negócios radio que não o deixam dormir. E você, a que se referia? Ao seu jeito de dançar radio apertando mais que uma cinta. Desculpe, não era essa a intenção. Mas a minha não era uma censura radio ao contrário radio Pegue ou largue, é meu lema. É só uma questão de radio Senhora, estou avisando radio apertando demais minha rotação sobe. Não gostaria que aumentasse a rotação do comendador. Você também se preocupa só com negócios? Não, procuro conciliar. Quando olho para você radio Modestamente radio Não jogo a dinheiro. Não eu. Não me faça cócegas no pescoço. Não suporto, desculpe. Sempre fiquei muito só radio desde a infância. Pobre amor. Está muito bem servida radio Nunca tinham me dito isso. e é bem firme. Está muito bem servida radio Seu porquinho. Lá está ele! Criminoso, encontramos você! Quem são? O que querem? Você é o do Aurelia. Ao ultrapassar meu filho radio por pouco não nos jogou no muro. E onde está escrito, que seu filho radio não pode ser ultrapassado? Abaixe as mãos e agradeça por ser velho. O que está dizendo? Pare com isso! Olhe, comendador! O que é? Fiquem quietos! Agora vou te mostrar! O que há com você? Gianna! O que está fazendo? Discurso! Calma! Vá se danar! Largue-me, solte-me! Está me prendendo? Fique calmo. Estava segurando. Segurando o quê? Arrogante, quem você pensa que é? Comendador, eram dois exaltados, não os conheço. Já está indo? Boa noite, comendador. Senhora, os meus cumprimentos. Que mal educados! Nem cumprimentam. Como se fosse culpa minha. Quem se importa? Pegue uma cadeira. Isso, sumiram até com os cigarros! Esses cornudos! O que estavam comendo? Pudim? Minha nossa, que nojo. Obrigado, Roberto, você demonstrou ser um amigão. Bem, poderia ter acudido antes radio mas estava com medo. Acredito, pareciam duas bestas brigando! Minha nossa! Lamento porque com a loira radio as coisas iam bem. Uns imbecis! Não era para ultrapassá-los! Já viu? Querem competir com um radio contra um Aurelia Sport radio super turbinada. Não entendo. Garçom! Uma garrafa de uísque. Quanto tem ainda no bolso? Quando saí de casa, sei que tinha . liras. Bem, então você paga e depois radio me lembre que lhe devo também as radio . que me emprestou esta manhã. Não radio É claro, tem que se lembrar. Porém, bebemos isto. Higienista! Beba. Não, por favor. Fazendo cerimônia? Não, beba você. Como pode, um contra um Aurelia? Aí está! Vá! Está indo. Passou rente à árvore! Devagar. Volte à esquerda, não na árvore! Vá devagar! Breque. Breque! Conseguiu chegar. Como está bêbado. Vamos, tire a máscara. Tire a máscara. Mas eu não estou bêbado. Não, eu estou, mas agora fique calmo. Aqui não tem ninguém. Tem, tem sim, só que radio a estas horas as pessoas de bem dormem. O que você sabe das pessoas de bem? Viu, como estão? Fique sossegado. Seja educado, por favor. Devagar, devagar. Não ria mais. São conhecidos. Compostura, vamos. Caminhe direito. Olá Gianna, estava dormindo? Desculpe. Claro. Permita que lhe apresente um amigo. Roberto, esta é minha mulher. Muito prazer. Prazer. Vamos, tire essa máscara! Não sei o que lhe aconteceu. É advogado, uma pessoa séria. Estou vendo. Importa-se? Estávamos de passagem e aí disse radio vamos até lá cumprimentar radio Sim, está bem. Agora vou arrumar o quarto de vocês. Não se preocupe, Gianna. Temos reserva num hotel. Pare com isso. Já me fez passar vergonha. Até parece uma criança. Desculpe, Gianna. Desculpe-me pelo incômodo. O que lhe parece? Nada mal, não é? Se a tivesse



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *