• Google+
  • Rádio Flashback-Pa

    Rádio Flashback-Pa Radios Online Chile, Escuchar en vivo online, La calidad y la emisión continua.

    Información De Contacto… Sus comentarios son aceptados.
    Telefone: 91 37115375  

    Tragamno cá. Entendido. Isto é incrível! Tens sido um grande incómodo, Eddie. Sabes como é, gosto de agradar. Olhos, pulmões, pâncreas. Tantos petiscos, tão pouco tempo. Polícia! Não se mexa! Vem cá para baixo! As minhas pernas. Meu Deus! Tinha as pernas partidas. Agora já não tenho! Que se passa? Que raio és tu?! Sou o Venom. E tu és meu. Arrancastelhe a cabeça! Foi o meu combustível. Ouve com atenção, Eddie. Tu não nos encontraste. Nós é que te encontrámos. Considerate o meu veículo. Aonde vais? Precisamos do foguetão do Carlton Drake. Lembraste dele? Como sabes isso? Eu sei tudo. Sabes? Tudo sobre ti. Como? Estou dentro da tua cabeça. És um falhado, Eddie. Vais comer mais alguém? É bem provável. Meu Deus! É por isso que aqui estamos. Colabora, e poderás sobreviver. É esse o acordo. Boa noite, senhores passageiros, bemvindos a São Francisco. Querido, estou quase em casa. O Eddie? Porquê? Que se passa? Já tenho os resultados das análises e. É pior do que pensei. O sistema renal, o endócrino. Nunca vi resultados assim. O que quer isso dizer, Dan? Tens de o trazer aqui. Meu Deus! Fala o Eddie Brock. Deixe mensagem. Merda. Onde estavas quando aquilo saiu do corpo da Dra. Skirth? Onde estava ele? Isto é a forma de vida superior. E ficaram a vêla morrer. Que arrogância! Treece, ouve. Depois disto, não podemos correr o risco de matar o Brock. Primeiro precisamos dum hospedeiro válido. Não me apareças aqui sem o Brock! Sr. Agente, que se passa? Preciso de ir ali. O meu amigo mora ali. Estamos a evacuar o prédio, não é seguro. Encontrei mais um, Bill. Não fique na rua, vá para casa. A cidade está cheia de cadáveres. Cadáveres? Meu Deus, Eddie, onde estás? Quem é a Anne? O teu pulso acelerou. Não tens nada com isso. Tenho que ver com tudo o que é teu. Não há segredos entre nós. Então sabes porque venho aqui, antes de ir ao teu foguetão. Claro. Eu sou um ser razoável. Merda. Eddie. Finalmente! Onde estás? Preciso de te ver. Não, não. Não me podes ver. Dizme onde estás, vou buscarte. Não te podes aproximar de mim agora. Richard! Eddie! Sabes que não devias estar aqui. Tenho de ir lá acima. Adorote, mas não pode ser. Para mim, tudo é possível. Lamento, meu. Está bem, está bem. Então dálhe isto, ele tem de ver. Por favor! Eu preciso mesmo deste emprego. Vamos comerlhe o cérebro. Não lhe toques, é meu amigo! O que tens?! Ele precisa de três empregos para sustentar a família. Que se passa? Vamos embora. “Vamos”? Mas “vamos” quem? Afastate! Merda. Queres subir? Porque não disseste logo? Isto é pacífico. Não sou muito dado a alturas. O teu mundo não é assim tão feio, afinal. Quase me dá pena vêlo acabar. O que quer isso dizer? Aonde foste? Onde foste? Apanheinos. Outra vez? Vais fazer com que me matem. Se tu morreres, eu morro. Podes sempre descartar a minha carcaça e trocála por outra, sempre que precisares. Porque faria eu isso? A nossa compatibilidade é excelente, não te largarei tão cedo. Além disso, começo a gostar de ti. Não somos assim tão diferentes. Obrigado. “FAZ O QUE TENS A FAZER, !” “Tens aqui as provas” Saltas? Mariquinhas. Mãos ao alto! No chão! Já! Malta, não queiram fazer isso. Acreditem. Máscara! Entendido. Está bem, como queiram. Máscara! Entendido. O que é aquilo? Mas que raio.?! Não disparem! Flares! Ele está ali, está ali! Recarreguem! Alguém o vê? Não o vejo. Alguém o viu? Mudar para térmico. Procurar alvo. Não o vejo. Onde está ele? Granada de atordoamento! Atiremnas! Granada de atordoamento! Nas vigas! Lá em cima! Lá está ele! Afastemse! Não! Nós não comemos polícias! Annie, espera! Que raio é isso?! Não sou eu, estou infectado! Eddie, que se passa? Ele está dentro de mim! “Ele”? Sim. Sei que pareço louco. Estás doente. Estás mesmo doente. Não, tenho medo! E preciso de ajuda! Hospital. Agora. Não posso ir contigo. Não é seguro. Entra no carro, Eddie. Lá para trás. Gosto dela. Entra. Não consigo controlarme. O Dan só quer fazer mais uma RM. Ressonância magnética, não. Não. RM, não. Porquê? Os sons de a hertz são letais. As frequências sonoras da RM fazemlhe muito mal. O som é tipo o kryptonite dele? Nem todos os sons.