Rádio Pepita 89.7 Fm > Rádios ao vivo Online FM Ouvir
  Rádios ao vivo Online FM Ouvir

Menu de rádio
Outro
Bem vindo de volta.
70s 80s 90s Acre Adulta Alagoas Amapá Amazonas Ananindeua Anápolis Araguari Arapiraca Araranguá Automobilismo Bagé Bahia Balneário Camboriú Barbacena Barreiras Barretos Bauru Belém Belo Horizonte Bento Gonalves Betim Blues Blumenau Campos Dos Goytacazes Canoinhas Católica Ceará christian Classical Comunitárias conversa Cuapiaçu Curitiba Dance Distrito Federal eclectic Espirito Santo Esportes Flashback Futebol Goiânia Goiás Goioxim Gospel Governador Valadares Gravatá Guanambi Guarapuava Hits Ilhéus Instrumental Itaguai Itapuranga Jazz Jornalismo Manaus Maranhão Mato Grosso do Sul Minas Gerais MPB notícia Oldies Pará Paraná Pernambuco pop Pop-Rock Popular Popular 1 Popular 2 Popular 3 Popular 4 Porto Alegre Retro Rio de Janeiro Rio Grande do Sul Rock romantic Samba Santa Catarina Santos São Paulo Sertaneja Sorocaba Telemaco Borba Top 40 Três Lagoas Web

Rádio Pepita 89.7 Fm

Tipos de rádio: Bagé

  

ADS
Rádio Pepita 89.7 Fm Ouvir Rádios Online Grátis Brasil Qualidade e Transmissão İninterrupta. Que caralho é o cimento? Entendem? Tipo, uma líquida que fica dura para sempre? É duro para sempre. OK, Illuminati. OK. OK. “Boa sorte a transportarem-me num camião normal. Não funciona. Têm de me meter numa carroça com um funil que está sempre a mexer. Preciso de muitos cuidados. Sou o cimento.” Podem perguntar a quem trabalha com cimento: “Como é que funciona?” “Sabem que mais? Eu nem Tipo, é uma cena líquida e depois transforma-se nos edifícios. Está nos edifícios todos.” Alguma vez perguntaram a um amigo como funciona um gira-discos? “Bem, a agulha agarra o som ” “O quê? Ouve o que estás a dizer, caralho! ‘A agulha agarra o som?’ O que quer isso dizer?” “Bem, o vinil tem sulcos e a agu ” “O que é que acontece nos sulcos que a agulha sabe e agarra? O que é que acontece fisicamente ” O espetáculo terminou neste momento. Desliguem as câmaras falsas. Não precisamos delas. Vamos ficar aqui a discursar e a dissecar assuntos agora. O Ultimate Frisbee. Estamos a continuar. Alguma vez viram Ultimate Frisbee? O que é que isso diz sobre vocês? O que é que estão a ver? Alguém à defesa a dizer: “Não atires esse Frisbee!” Alguém ao ataque a dizer: “Tem de ser, Jason! Sai da frente! Jason, sai da frente! O jogo é atirar o Frisbee.” Sempre que me pedem para atirar o Frisbee, digo que sim. E o meu cérebro responde: “Não sabes o que dizes.” Ou vocês são ótimos ao Frisbee ou são todos como eu, em cada lançamento ficam tipo: “Oh, por favor, meu Deus, vai. Vai para perto da pessoa. Desculpa!” Gritam “desculpa” super-rápido. “Desculpa!” Mesmo antes de largar. “Peço imensa desculpa! Toma!” Alguma vez foram lançar o Frisbee e ele foi imediatamente de lado? Não há nada que pague esses momentos. Vão para lançar e de repente: “Não! Foda-se! Eu não faço isto! Eu não faço isto.” Alguma vez viram alguém lançar o Frisbee assim? Ninguém conquista gajas a lançar o Frisbee, meu. Larguem-no. O teu estilo de lançamento do disco à anos não tem nada de errado. Fizeram-se muitas crianças na noite em que aconteceram lançamentos desses. “Olha-me aquele tipo a lançar.” “Neil, posiciona-te!” “Grande acompanhamento.” “O que é que as senhoras fazem esta noite? Lá vai ele!” “Viram aquele tipo atirar o Frisbee? Espero ter a oportunidade de lhe chupar a pila um bocado, mais logo. Qualquer um que esteja a inovar no lançamento do Frisbee a este nível é esse tipo de pila que eu gosto de chupar. Se tiver oportunidade. Vão fazer fila, tenho a certeza.” Fixe. Conheço um tipo que deviam conhecer. Tu tens esse riso, este tipo tem este riso. Assistiriam se o número fosse só isto? “Adiante. Mais alguma coisa? Já comeram uma sanduíche submarino?” Está bem. Liguem as câmaras. Vamos a isso. Gosto de uma rotina de minutos a uma hora e depois gosto de gravar. Vou fazer algumas piadas sobre as eleições, se isso Eu sei Sei que as pessoas As pessoas, onde quer que estejam a ver isto, ou quando estiverem a ver, pensam: “Espera lá, as eleições já passaram. Já sabemos os resultados.” Adivinhem. Ninguém nesta sala sabe. Olhem para nós. Vejam como éramos felizes. Éramos tão felizes.

Comentários

Nenhuma resenha encontrada

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

*