Rádio Fonte Ouça ao vivo

Em direto Rádio Fonte écouter
Rádio Fonte
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Radios populares

Rádio Fonte escuchar

Deixe uma resposta

Rádio Fonte Ouvir Rádios Online Grátis Brasil Qualidade e Transmissão İninterrupta.
Seus comentários são importantes para nós…

Quer heroína? Dr Watson, presumo? E o senhor deve ser o Sherlock Holmes. Dra Grace Hart, de Boston. Uma médica mulher?! Que tempos estes. Sim. Na América, somos muito mais progressistas. Eu ganho cêntimos por cada dólar que um homem ganha. O que significa “Doutora” na América? Significa “Doutora”. É a Dra G Hart? De Boston? Sim. Holmes, estamos perante uma pioneira! A terapia de eletrochoques da Dra Hart para curar a histeria feminina é revolucionária! Sim, provei que quanto maior é a voltagem, mais demónios são libertados. Cl! Algumas pacientes resistem uma semana. Doutora? Assim, D-O-U-T-O-R-A? Sim. A minha assistente, a Millicent. É muito tímida, mas é uma excelente companheira de viagem. Podemos começar a examiná-lo? Por favor. O nosso cadáver espera-nos. Não, não, não. Aqui, aqui. Sr Holmes, não parece estar bem. Talvez prefira ficar aqui a fazer companhia à Millicent. Sherlock Holmes, prazer em conh. Em conhecer. A Millicent é o meu objeto de estudo. Foi criada por felinos selvagens. Tem uma mentalidade de anos, mas acredito que com alguma terapia de eletrochoques consiga chegar a ter a idade mental de seis anos. Vivemos uma era dourada na Medicina. Já não há nada a aprender. Não. Que estranha criatura! Devora essa cebola com tanto ímpeto! É estranhamente excitante. Dr Watson, sempre me fascinou a sua dedicação inabalável ao Sr Holmes. Mas nunca considerou. . ser algo mais? Talvez um co-detetive? Eu e ele? Co-detetives? Sim. A simples ideia.! Resolvermos crimes juntos? A rir e a apreciar o espírito de equipa. . de dois bons amigos dedicados a uma causa nobre. Que loucura! Não, querida, não. Não, eu não. Aqui não. Nem sequer nos mais extasiantes momentos de fantasia privada. Adiante, vamos lá limpar este desgraçado cheio de bolo, sim? Os prodígios da medicina moderna. Bom, vai rir-se. mas o instrumento mais importante numa autópsia é. Música. Sim. Para si também? Esta predispõe-me sempre bem. Assim começa a dança. Tem um pouco de baba. Um bocadinho de baba no. Há algo de tão sensual na autópsia forense, não acha? A Millicent é adorável.

Telefone: +55 (62) 3254-1000  
Email: [email protected]  

Radios ao Vivo
Bem-vindo ao nosso site.