Radio Blu Ouça ao vivo

Em direto Radio Blu écouter
Radio Blu
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Radios populares

Radio Blu escuchar

Deixe uma resposta

Rádio Blu Ouvir Rádios Online Grátis Brasil Qualidade e Transmissão İninterrupta.
Seus comentários são importantes para nós…

idiota e volta ao teu sítio. Não posso. Solta-me! Não vais embora agora. Tenho de alimentar os meus filhos. Ouve, custa-nos a todos, mas ninguém vai recuar. Solta-o. Solta-o! Se queres voltar. Se queres voltar a trabalhar, não te vamos impedir. A ninguém. Nunca irão ceder, Salvador. Nunca. Vão! Sem nós, a fábrica não funciona. Manuel, se não cederem, a fábrica fecha e ficam arruinados. Compreendes? Estamos tão perto de conseguir. Se resistirmos, venceremos. Garanto-te, Manuel. Fora! Quero os nomes de todos. É uma vergonha. Sim, senhor. E isto o que é? Sr. Emilio. São da Brigada de Informação. Querem falar consigo sobre o assalto ao comboio. Vocês são os responsáveis. Se a Polícia fosse firme contra os anarquistas, aquele assalto nunca teria ocorrido. Fazemos o que podemos. Não chega. Bem, o que querem saber? Acreditamos que alguns dos assaltantes trabalham aqui na sua fábrica. É uma lista dos anarquistas que trabalham na fábrica. Todos sabiam da carga do comboio? De todo. Apenas nós tínhamos conhecimento. E o Guillem. O nosso contabilista. Onde está o Sr. Guillem? Não veio hoje. Onde o podemos encontrar? Tem aqui a morada. Obrigado pelo seu tempo. Salvador. O Sr. Emilio quer ver-te. Queria ver-me? Uma forma amigável de resolver esta disputa. Esta disputa vai acabar. quando deixarmos de trabalhar dez horas por dia, deixar de contratar crianças e nos der um aumento. Vocês não percebem? Este país está em crise. A produção baixou, os impostos sempre a subir. Aumentar os salários iria arruinar-nos. Não nos tome por tolos. Esta fábrica faturou milhões durante a guerra. Ficou rico, como o seu pai. mas nós continuamos pobres. Não me fale assim. As nossas exigências são justas. Se não voltarem ao trabalho, irei tomar medidas drásticas. Se não aceitar as nossas exigências. continuaremos em greve indefinidamente. Fora. Viram a Elisa? Sabem da Elisa? Por favor, viram a Elisa? Desgraçada, pior do que desgraçada. Sabes o que nos fizeste passar? Mãe, por favor. Viu a Elisa? A culpa é toda tua. Devias ter sido tu e não aquela pobre criatura. O que aconteceu?

Telefone: +55(47) 92627741  
Email: [email protected]  

Radios ao Vivo
Bem-vindo ao nosso site.