Rádio Web Flashback > Rádios ao vivo Online FM Ouvir
  Rádios ao vivo Online FM Ouvir

Menu de rádio
Outro
Bem vindo de volta.
00s 40s 60s 70s 80s 90s Acre Adulta adulto contemporâneo Alagoas Amapá Amazonas Ananindeua Anápolis Araçatuba Araguari Arapiraca Araranguá Automobilismo Bagé Bahia Balneário Camboriú Barbacena Barreiras Barretos Bauru Belém Belo Horizonte Bento Gonalves Betim Blues Blumenau Bom Successo bossa nova brasileiro Campos Dos Goytacazes Canções de amor Canoinhas Católica Ceará christian Classical Comunitárias conversa cristão cristão contemporâneo Cuapiaçu Curitiba dança Dance Distrito Federal eclectic eletrônico Espirito Santo Esportes Flashback Florianópolis folk Fortaleza funk Futebol Goiânia Goiás Goioxim Gospel Governador Valadares Gravatá Guanambi Guarapuava Hits Ilhéus Instrumental Itaguai Itapuranga Jazz Jornalismo Kalore Kpop Manaus Maranhão Maringá Mato Grosso do Sul Minas Gerais MPB notícia Oldies Pará Paraná Pernambuco pop Pop-Rock Popular Popular 1 Popular 2 Popular 3 Popular 4 Porto Alegre Recife reggae Retro Ribeira Rio de Janeiro Rio Grande do Sul Rock rock clássico rock'n'roll romantic romântico Samba Santa Catarina Santos São Paulo sartanejo Sertaneja Sorocaba Telemaco Borba Tiete Top 40 top40 Três Lagoas Vila Velha Web

Rádio Web Flashback

Tipos de rádio: Campos Dos Goytacazes

  

ADS
Rádio Web Flashback Ouvir Rádios Online Grátis Brasil Qualidade e Transmissão İninterrupta. Seus comentários são importantes para nós... Telefone: 55 (11) 9918-18410 Endereço: Av. Paulista, 807 - Bela Vista São Paulo - SP 01311-100 Brasil Email: [email protected] Via-se pessoas a chorar. Via-se pessoas a desmaiar antes do início de um concerto. As pessoas levavam os bebés e pediam-lhe: "Pode tocar no bebé?" Foi o auge da fama. Jah vem acabar com a opressão Importar a igualdade! Acabar com a transgressão Libertar os prisioneiros! Não defendemos o marxismo nem o capitalismo. Somos apenas rastafaris! Certo. Somos independentes! Não temos de suplicar nada aos EUA, nem à Rússia. Preferimos olhar para o nosso interior, que é rastafari: os direitos dos negros. Nada interessava mais ao Bob que a Jamaica. E estava ansioso por voltar a casa, mas sabia que não podia por ser demasiado arriscado. Era muito perigoso. Na Jamaica, a violência atingiu proporções de crise. As praias de areia prateada foram abandonadas pelos turistas, já que a imagem da Jamaica era a de uma sociedade violenta e desintegrada. A Polícia e as patrulhas militares, sobrecarregadas, deixaram algumas zonas nas mãos das fações políticas em guerra. O final dos anos foi um período em que a esperança deu lugar ao desespero. Houve, por exemplo, o incêndio de Orange Lane, onde a casa de um idoso foi incendiada. E havia atiradores a disparar contra os bombeiros, que tentavam apagar as chamas. Havia um nível de crueldade associado à violência política que nunca ninguém vira. E estava cada vez pior. TRIBUNAL DE ARMAS O Tribunal de Armas é o símbolo de uma nação farta de crime. Quem for apanhado na ilha com uma arma ilegal ou com uma simples bala no bolso, será trazido para aqui. Em , imperou a violência. E Michael Manley decidiu pôr Buckie Marshall e Claudie Massop, líderes de gangs rivais, na prisão. Foi uma das ocasiões em que o Claudie foi preso. MULHER DE CLAUDIE MASSOP Uma das muitas. O Claudie era um apoiante de longa data do Partido Trabalhista de Seaga, ao passo que o Buckie apoiava o PNP. Iam reunir-se e perceber como estavam a ser explorados que eram simples peões das superpotências. Fizeram tréguas. No final do ano, o Buckie e o Claudie foram libertados. E deu-se este esforço de paz espontâneo. COMISSÃO DE PAZ Tudo em prol da unificação. Foi por isso que tiveram a ideia do One Love Concert. Tinham de se juntar, e teve de haver alguém ali no meio, para concretizar isso. E acho que sentiram que o Bob era a única pessoa a ter esse tipo de influência. Quando o Claudie e o Buckie foram a Londres e lhe suplicaram que voltasse, para os ajudar a acabar com a violência, o Bob não queria voltar à Jamaica. Achava que era inseguro porque muitos dos que o tinham tentado matar ainda andavam por lá. Mas o Bob confiava no Claudie. O Bob e o Claudie tinham crescido na mesma comunidade, tinham sido gtos juntos. Tinham mantido a amizade. A mensagem de paz do Bob era muito apelativa. Ele estava a mudar o coração e a mente das pessoas com música, tal como fez com o Claudie Massop. Era por isso que o Bob era uma ameaça tão grande. Só por ter tido a palavra de honra dos dois gangsters de que seria seguro é que, finalmente, regressou. Bob, disseram-lhe o que vai acontecer, quando regressar à Jamaica? O que vai acontecer é que as pessoas têm de se unir. Pode haver algum confronto, mas têm de ser fortes e de se unir, porque esta união na Jamaica pretende juntar os negros de forma universal, por todo o mundo. Foi uma época emocionante para todos no país, porque muitos não se falavam há muitos anos. E iam todos juntar-se para trazer o Bob. O Bob teve uma receção de herói. O aeroporto estava a abarrotar de gente. As pessoas saltavam a vedação e iam para a pista. Foi uma multidão para as portas. . e deu-se um sismo. BOB MARLEY ESTÁ DE VOLTA No dia seguinte, os cabeçalhos diziam: "Bob Marley está de volta!" E, mais pequeno: "Sismo. Na Jamaica, houve um sismo de ,." O Bob veio falar comigo sobre organizar um concerto. ESTÁDIO NACIONAL Havia várias zonas no concerto, a secção do Amor, a secção da União e a secção da Paz. E foi então que criou o nome: One Love Peace Concert. Recorri a vários jovens do centro urbano para tratarem da segurança. Quer fossem de Tivoli ou da selva, não importava. Quero ver o Buckie Marshall, o Claudie Massop e o Tony Welch no palco

Comentários

Nenhuma resenha encontrada

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

*