Rádio Coroados FM 103.3 FM > Rádios ao vivo Online FM Ouvir
  Rádios ao vivo Online FM Ouvir

Menu de rádio
Outro
Bem vindo de volta.
00s 40s 60s 70s 80s 90s Acre Adulta adulto contemporâneo Alagoas Amapá Amazonas Ananindeua Anápolis Araçatuba Araguari Arapiraca Araranguá Automobilismo Bagé Bahia Balneário Camboriú Barbacena Barreiras Barretos Bauru Belém Belo Horizonte Bento Gonalves Betim Blues Blumenau bossa nova brasileiro Campos Dos Goytacazes Canções de amor Canoinhas Católica Ceará christian Classical Comunitárias conversa cristão Cuapiaçu Curitiba Dance Distrito Federal eclectic Espirito Santo Esportes Flashback Florianópolis folk funk Futebol Goiânia Goiás Goioxim Gospel Governador Valadares Gravatá Guanambi Guarapuava Hits Ilhéus Instrumental Itaguai Itapuranga Jazz Jornalismo Kpop Manaus Maranhão Maringá Mato Grosso do Sul Minas Gerais MPB notícia Oldies Pará Paraná Pernambuco pop Pop-Rock Popular Popular 1 Popular 2 Popular 3 Popular 4 Porto Alegre Recife reggae Retro Rio de Janeiro Rio Grande do Sul Rock romantic romântico Samba Santa Catarina Santos São Paulo sartanejo Sertaneja Sorocaba Telemaco Borba Top 40 Três Lagoas Vila Velha Web

Rádio Coroados FM 103.3 FM

Tipos de rádio: Bento Gonalves

  

ADS
Rádio Coroados FM 103.3 FM Ouvir Rádios Online Grátis Brasil Qualidade e Transmissão İninterrupta. Sawyer baseado no que diz aqui, está a um passo de ser mandada para a cave. Escute, eu fui alvo de agressão ual. Onde está o escândalo? E o meu advogado? A quem faço esta reclamação? E o que está na cave? -O que está na cave? -A solitária. Meu Deus, mande-me já para lá, . O meu perseguidor leu as notas da conselheira, sabe do que falo está cá. Conseguiu um trabalho na merda do hospital. Falei para o segundo andar sobre o George. Não. Ele não se chama George. Fizemos uma investigação do passado. Sim, uma investigação completa ao George. Digo-lhe que ele não se chama George. O nome dele é David Strine. Nem sequer me está a ouvir. Estou a tentar dizer-lhe que o homem E vou juntar uma dose de risperidona e lítio aos seus medicamentos. Bem para que é isso? Para impedir que magoe alguém e a si própria. Está a falar a sério? É o seu diagnóstico? Vai sedar-me? Quando acabo de dizer que há um predador que me seguiu desde outra cidade? Devia estar a proteger-me. Que medicamento está a tomar? Isso é engraçado. Sim, bem continuamos depois. Olá. Sou o Jacob. Sawyer. Escuta, quero pedir desculpa de novo se disse ou fiz alguma coisa que te perturbasse. Vejo que os médicos juntaram uma coisinha extra aqui. Espero que ajude. Espero que alguém te corte os tomates e tos enfie pela goela abaixo. -Tu tocaste-me? -Não, estava só a virar-me. Que loucura! Grande cabrão! É ele! É ele, estou a dizer-te é o Strine. Não, escuta! Ele esteve em casa da minha mãe. Esteve em casa da minha mãe e roubou a correspondência! Não estou louca, nenhuma! Não! Vão-se foder! Deixa-me usar. O quê? O teu telemóvel. Eu vi-te. Sei que tens um. É uma grave infracção das regras. Mas imagina, não me interessa desde que possa usá-lo. Senão, digo a todos. Sim, a tua credibilidade anda muito alta por aqui. Bem, queres mesmo arriscar? Se voltas a telefonar à polícia eles voltam a não fazer nada - e tiram-me o telefone. -Não vou telefonar à polícia. Juro. Depois, chupo-te a pila. Cinco minutos. Não deixes que te vejam. Mamã, sou eu. Sawyer, onde tens estado? Há três dias que não telefonas. -Sim, mamã -Esperava ver-te num pacote de leite. Mamã, estou numa embrulhada. De quanto precisas? Não é isso, mamã. Escute, tenho pouco tempo, está bem? Preciso que escute. E não fique em pânico. Fui involuntariamente internada num hospital chamado Highland Creek na Pensilvânia. Disseram que era suicida, mas juro que não. E só um esquema de seguros. Mas escute, há um tipo de que nunca lhe falei. Quando estava em Boston, havia um tipo que Havia um tipo que andava a seguir-me. O que queres dizer com "andava a seguir-me"? Mamã, ele conseguiu trabalho no hospital. Está no hospital contigo? Sim. Bem, disseste aos médicos e chamaste a polícia? Mamã, ninguém acredita em mim, . Desculpe. Eles drogam-me e atam-me a uma cama, e estou aqui durante sete dias e ninguém me ajuda. Oh, meu Deus! Sawyer! Sabe que não a incomodaria com isto se pudesse encontrar uma saída, mas não. Qual é o nome do hospital? Highland Creek. É à saída da Auto-estrada , não sei o endereço certo. Mamã, tenho de desligar.

Comentários

Nenhuma resenha encontrada

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

*