Rádio Cultura 590 AM > Rádios ao vivo Online FM Ouvir
  Rádios ao vivo Online FM Ouvir

Menu de rádio
Outro
Bem vindo de volta.
70s 80s 90s Acre Adulta Alagoas Amapá Amazonas Ananindeua Anápolis Araguari Arapiraca Araranguá Automobilismo Bagé Bahia Balneário Camboriú Barbacena Barreiras Barretos Bauru Belém Belo Horizonte Bento Gonalves Betim Blues Blumenau Campos Dos Goytacazes Canoinhas Católica Ceará christian Classical Comunitárias conversa Cuapiaçu Curitiba Dance Distrito Federal eclectic Espirito Santo Esportes Flashback Futebol Goiânia Goiás Goioxim Gospel Governador Valadares Gravatá Guanambi Guarapuava Hits Ilhéus Instrumental Itaguai Itapuranga Jazz Jornalismo Maranhão Mato Grosso do Sul Minas Gerais MPB notícia Oldies Pará Paraná Pernambuco pop Pop-Rock Popular Popular 1 Popular 2 Popular 3 Popular 4 Porto Alegre Retro Rio de Janeiro Rio Grande do Sul Rock Samba Santa Catarina Santos São Paulo Sertaneja Sorocaba Telemaco Borba Top 40 Três Lagoas Web

Rádio Cultura 590 AM

Tipos de rádio: Belo Horizonte

  

ADS
Rádio Cultura 590 AM Ouvir Rádios Online Grátis Brasil Qualidade e Transmissão İninterrupta. Adicione ao seu site. Não, Comandante. O terreno é muito quebradiço. O peso da Águia iria destruir a superfície. Usaremos os cabos e pousaremos em frente deles. Maya, preparar para descompressão. Descompressão completa. Preparar para pousar. Alan, pare! Alan, pare! Não sabe o que está fazendo! Ehrlich, detenha-o! Alan, pare! Descompressão completa, Tony. Saia daí imediatamente, Maya! Já! Alan! Ehrlich! Alan, sou eu! Alan, ouça-me! Alan, não sabe o que está fazendo! Comandante, o Ehrlich está perdendo ar. O tanque dele está furado. Tony, o Ehrlich já perdeu quase todo o ar. Temos de trazê-lo de volta para Alfa, depressa. Ele tem de descomprimir, é a única possibilidade. Alan? Alan, espere! Espere, Alan! Erga-o, Tony. Bartlett, venha me ajudar. Quando entrarem, tranquem a porta. Maya... Sim, Comandante? Há alienígenas por todo o lado. Eles não têm força para o ferir, nem mentalmente, nem fisicamente. Precisam de todas as suas energias para comandar o Alan e o Bartlett. Ele não consegue passar. Os outros trancaram a porta. Eles chegaram ao núcleo do reator. Em breve, conseguiremos toda a radiação de que precisamos. Ele conseguiu entrar! Não há problema, eles vão resistir. Maya... Sim, Comandante? Porque os alienígenas ainda estão comandando o Alan e o Bartlett? Está tudo desligado! Onde é que vão buscar energia? O cérebro humano gera impulsos elétricos. Deve haver gente suficiente em Alfa para os manter num nível estável. Quando se está inconsciente, a atividade cerebral se reduz, não é? Regra geral, sim. Helena, quero todos na base desmaiados, menos você e o engenheiro-chefe. Inconscientes?! Sim, inconscientes. Não discuta. Consegue fazê-lo? Sim, consigo. Posso utilizar um gás neurotóxico... mas, John... Faça o que eu digo. GÁS NEUROTÓXICO Alan! Bartlett! É... combustível atômico! Estavam prontos para colocá-lo no reator. Teríamos feito explodir o planeta inteiro! Você e o Alan estavam hipnotizados. Mas conseguiram quebrar o controle dos alienígenas. Agora ajudem-me. Maya, acho que o Bartlett voltou ao normal. Cuidado, Comandante. Com todos inconscientes, eles vão ficar sem energia. Mas o pouco que lhes resta vão concentrar no Alan. Bartlett, eles ainda o estão comandando! Alan, ouça-me: Já está tudo bem. Já acabou tudo. Tem certeza? Isso não vai ajudar em nada. Aprende depressa, John Koenig. Isso é bom! Bom?! Bom para quem? Bartlett, você foi hipnotizado, mas não estava feliz? Mais feliz do que qualquer outra vez aqui em Alfa? Junto daqueles que ama. Como se estivesse de novo na Terra? Sim, mas não era real. Estava vivendo um sonho! Não é melhor viver num sonho de felicidade do que enfrentar a realidade que tanto odeia? Bartlett, ajude-me! Como conseguem aceitar viver suas vidas, envelhecer e morrer neste pedaço de entulho? Quanto tempo acha que vai durar este sonho? Assim que o depósito residual explodir... ...toda a vida humana desaparecerá da face da Lua. "Quanto tempo" é um termo insignificante, uma expressão ínfima. O tempo é relativo. A borboleta tem uma vida gloriosa de um dia; um organismo unicelular vive um micro-segundo. Desde que se viva, a duração é irrelevante.

Comentários

Nenhuma resenha encontrada

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

*