Radio Cidade FM 102.9 Três Lagoas > Rádios ao vivo Online FM Ouvir
  Rádios ao vivo Online FM Ouvir

Menu de rádio
Outro
Bem vindo de volta.
00s 40s 60s 70s 80s 90s Acre Adulta adulto contemporâneo Alagoas Amapá Amazonas Ananindeua Anápolis Araçatuba Araguari Arapiraca Araranguá Automobilismo Bagé Bahia Balneário Camboriú Barbacena Barreiras Barretos Bauru Belém Belo Horizonte Bento Gonalves Betim Blues Blumenau Bom Successo bossa nova brasileiro Campos Dos Goytacazes Canções de amor Canoinhas Católica Ceará christian Classical Comunitárias conversa cristão cristão contemporâneo Cuapiaçu Curitiba dança Dance Distrito Federal eclectic eletrônico Espirito Santo Esportes Flashback Florianópolis folk Fortaleza funk Futebol Goiânia Goiás Goioxim Gospel Governador Valadares Gravatá Guanambi Guarapuava Hits Ilhéus Instrumental Itaguai Itapuranga Jazz Jornalismo Kalore Kpop Manaus Maranhão Maringá Mato Grosso do Sul Minas Gerais MPB notícia Oldies Pará Paraná Pernambuco pop Pop-Rock Popular Popular 1 Popular 2 Popular 3 Popular 4 Porto Alegre Recife reggae Retro Ribeira Rio de Janeiro Rio Grande do Sul Rock rock clássico rock'n'roll romantic romântico Samba Santa Catarina Santos São Paulo sartanejo Sertaneja Sorocaba Telemaco Borba Tiete Top 40 top40 Três Lagoas Vila Velha Web

Radio Cidade FM 102.9 Três Lagoas

Tipos de rádio: Três Lagoas

  

ADS
Radio Cidade FM 102.9 Três Lagoas, Radio Cidade FM 102.9 Três Lagoas ao Vivo Online Celeste levou as perucas. Merda! Se prepare. Há uma guerra aqui. A coisa está quente. Cindy, por favor! Está me pedindo que seja substituta dela? Quem disse isso? Você? É porque não sou travesti? Trabalho tão duro quanto ela! Estou aqui há mais tempo. Você entendeu. Pedi que a cobrisse, só isso. Você me odeia porque não vivo como uma mulher, não é verdade? Kali, não te odeio porque não é travesti, nem te odeio porque dança como uma anêmica. Eu te odeio porque é uma vadia de merda! E você, Cindy, é a mais repugnante de toda Havana! Ai, meu Deus! Meninas, chega, por favor. Estou te avisando, vagabunda! Parem, meninas, parem! Você, vai pra lá! Me solta, vadia! Os vizinhos estão ouvindo! São umas vadias e umas filhas da ! Vão à merda! Essa vagabunda quase quebrou meu nariz. nojenta! Paguei um bom dinheiro por este nariz. Tinha que fazer dois números com ela, até substituir a Celeste. Mas por que ela? Por que não procurou outra? Sim? Quem? Não sei, outras pessoas. Alguém normal. Não aguento merda de ninguém, Mama. Jesus! As perucas estão no quarto. Vá e limpe. Sim, claro. Desculpe por esta bagunça, mas... tinha que verificar se Celeste levou também algum vestido. E levou? Não. Levou as perucas longas. E tinha umas perucas com cabelos lindos, lindos. Europeias. Caríssimas. E por que ela fez isso? Ninguém sabe. mulata louca! E eu confiei nela, porque este é o meu defeito... eu confio nas pessoas. Ai, que horror! Odeio as perucas curtas. Fazem o pescoço parecer muito gordo. Vou trazer algumas meninas para que dê uma olhada. Quer? Mama? Preparo algumas audições? Faça o que quiser, Cindy. Bem, amanhã. Tudo bem. Mas nenhuma outra louca, por favor. As que eu trago são loucas? Olá. Oi. Já voltou? Desculpe! Por quê? Esta é a sua casa, não? A propósito, me chamo Javier. Sim, sim, eu sei. A Cecilia está? Está lavando o rabo. Droga, este é ele? Ángel Gutiérrez? Ah, sim. Briguei com ele uma vez... quando eu tinha uns oito anos. Ele brigava muito, irmão. Eu nunca o conheci. Ah, não? Não, ele foi embora. Tinha anos. Nunca imaginei que você fosse filho dele. Nossa, como está linda! Certo, vamos? Vamos. Estamos indo para o Malecón. Já te ouvi. Tem grana para me emprestar? Jesus, eu te devolvo. Cecilia, você nunca me devolve nada. Esqueceu quantas vezes tive que brigar na escola por sua causa? Próxima vítima? Eu. Aguarde um momento, menina. O que está fazendo aqui? Quero uma audição. Por que quer fazer isso, filho? Não sei direito. É intenso. Lindo. Não é? Quero algo para mim, Mama. Eu não tenho nada. Nem ninguém. Não tenho nem família. Certo... Também preciso do dinheiro. Você vive do emprego de cabeleireiro? Sim. Talvez tenha que fazer outras coisas. Não que eu goste, mas tenho que fazer... Isto é um negócio, não caridade. Sim, eu sei. Digo isso porque não posso passar minha vida ajudando a todos. Faça o que puder com isto. Obrigado, Mama. Sim, mas não crie ilusões. Terá que continuar fazendo as perucas, está bem? Claro. Com quem acha que se parece? Não sei. A Rosita Fornes? Na verdade parece mais a Donatella Versace. Eu mesmo posso arrumar meu cabelo. Garoto, isso agora é a menor das suas preocupações. Cindy. Pelo menos você tem um nome? O que acha de Godzilla? Sério. Viva. Viva? Pode ser? Por que canta essas músicas tão velhas? Mostre alguma coisa. Mágica! Quando você se for As sombras me envolverão Está um horror. Nem sequer o escondeu bem. Podem ver o dele há um quilômetro. Sozinho com minha dor Evocarei o idílio Das ondas azuis Quando você se for As sombras me envolverão Gordinha! Como acha que você foi? Bem. Eu não iria tão rápido. Isso foi uma merda. Porque não é somente cantarolar a letra da música... Sim, eu sei. Não, você não sabe. Não com essas músicas. Você tem que fazer com... sentimento. Essas canções dizem coisas, garoto. Isso foi uma merda. Sua peruca. É um presente. Até a minha cabeça engordou. Subirá ao palco no sábado de novo. Sério? Mas ensaie. Tem que ensaiar, ensaiar, ensaiar. Se não me der o que estou pedindo, vou ter que procurar outra pessoa. Entendeu? Quando você se for As sombras me envolverão Quando você se for Estarei sozinha com minha dor Evocarei o idílio Das ondas azuis Quando

Comentários

Nenhuma resenha encontrada

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

*