Radio Atual FM

Radio Atual FM, Radio Atual FM ao Vivo Online

Não te queremos aqui. Já chegaram à parte em que diz que eu dormia com ela? Sim. Nunca estive com uma bruxa. Como é? Pelos vistos, é por isso que as criaturas vão sempre atrás dele. A bruxa tem medo dele. A única mulher que amei está presa dentro daquele monstro. Se eu não travar a bruxa, acabou. Acaba tudo. Tudo. Podem ir-se embora. DEVOLVER AO REMETENTE A tua filha escreve-te todos os dias. Não falha um dia. Sempre tiveste estas cartas? Sempre tiveste as cartas da minha filha? Eu vou levar-te até lá. E tu vais acabar com isto. Levo-te às costas, se for preciso. Porque esta merda vai ser bíblica. Todos saberão o que fizemos. E a minha filha saberá que o papá dela não é um monte de merda. Eu também vou. O que foi? Têm algo melhor para fazer? Vamos lá! Cobardolas. Achamos que aquilo é uma arma. Aqui. Mais abaixo. Temos de eliminar o maior. Deixei uma grande quantidade de explosivos no metro. Há um túnel inundado que desemboca debaixo daquele prédio. Os SEALs podem ir buscar os explosivos e colocá-los sob os pés daquela coisa. Nós atacamo-lo de frente e distraímos o filho da mãe para os nadadores detonarem a bomba. É assim que o eliminamos. Eu vou convosco. Nós tratamos disto. Não foi um pedido. Eu vivo lá em baixo. Vocês são apenas turistas. Meu querido marido, se eu morrer em combate, finalmente estaremos juntos O homem que matou o marido dela usou aquela espada. A alma dele está presa dentro da espada. Ela fala com ele. Bem, vocês sabem o que dizem das malucas. Vamos a isto. Deve adorar mesmo essa rapariga. Eu pensava que o amor era uma treta. A sério. Desejo, benefício mútuo, o que for. Quero dizer, eu compreendo isso, mas amor mesmo? Equiparei-o a OVNIs. Muitos crentes, nenhuma prova. E, depois, conheci a June. Faça o que tem de fazer. Eu protejo-o. Vais à luta connosco? E se eu perder o controlo? Então, talvez tenhamos hipóteses. Abriguem-se. Estão todos a ver estas coisas maradas, certo? Sim. Porquê? Deixei de tomar a medicação. Aquela é a tua dama? Sim. Tens de resolver esta cena. Vai lá, dá-lhe uma palmadinha no rabo e diz: “Para com esta merda.” Não me parece uma boa ideia. Vou chamar a atenção do grandalhão. Os meus rapazes detonarão a bomba debaixo dele. Devíamos ir beber um copo um dia destes. Passei a noite à vossa espera. Saiam das sombras. Eu não mordo. Que raio? Agarra-a. Porque estão aqui? Porque o soldado vos trouxe? Tudo por causa da Waller. Porque servem aqueles que vos aprisionam? Eu sou vossa aliada. E sei o que querem. Sei exactamente o que querem. Querido. É só um pesadelo. É só um sonho mau. Eu estou aqui. OS SONHOS CONCRETIZAM-SE Tiveste saudades minhas? Vou deitar os miúdos e depois podemos divertir-nos. Que tal? Eu não posso mudar o que fiz. E tu também não! Ele casou comigo. Não é real. Eu matei o Batman. Não, meu. Não querem isso. O quê? Eu quero. Ela está a tentar manipular-vos. -Não é real! -Ele tem razão. Não é real. Há quanto tempo consegues ver? Toda a vida. Não os vais ter. Eles são meus amigos. Mas chegou a nossa hora. O sol está a pôr-se e a magia a surgir. Os meta-humanos



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *