Radio Amazônia Viva FM 89.5 FM Belem > Rádios ao vivo Online FM Ouvir
  Rádios ao vivo Online FM Ouvir

Menu de rádio
Outro
Bem vindo de volta.
00s 40s 60s 70s 80s 90s Acre Adulta adulto contemporâneo Alagoas Amapá Amazonas Ananindeua Anápolis Araçatuba Araguari Arapiraca Araranguá Automobilismo Bagé Bahia Balneário Camboriú Barbacena Barreiras Barretos Bauru Belém Belo Horizonte Bento Gonalves Betim Blues Blumenau bossa nova brasileiro Campos Dos Goytacazes Canções de amor Canoinhas Católica Ceará christian Classical Comunitárias conversa Cuapiaçu Curitiba Dance Distrito Federal eclectic Espirito Santo Esportes Flashback Florianópolis folk Futebol Goiânia Goiás Goioxim Gospel Governador Valadares Gravatá Guanambi Guarapuava Hits Ilhéus Instrumental Itaguai Itapuranga Jazz Jornalismo Kpop Manaus Maranhão Maringá Mato Grosso do Sul Minas Gerais MPB notícia Oldies Pará Paraná Pernambuco pop Pop-Rock Popular Popular 1 Popular 2 Popular 3 Popular 4 Porto Alegre Recife reggae Retro Rio de Janeiro Rio Grande do Sul Rock romantic romântico Samba Santa Catarina Santos São Paulo sartanejo Sertaneja Sorocaba Telemaco Borba Top 40 Três Lagoas Web

Radio Amazônia Viva FM 89.5 FM Belem

Tipos de rádio: Ananindeua

  

ADS
Radio Amazônia Viva FM 89.5 FM Belem, Radio Amazônia Viva FM 89.5 FM Belem ao Vivo Online Pessoas morrem. Ela não. Não hoje. Ela sim. Hoje. Já morreu. Está tudo desmoronando. Já acabou. Ela é a última chance que temos para salvar a raça humana. Beleza. Se você morrer aqui, vão lembrar de você como um monstro. Sou jornalista. Posso contar sua história. Você acha que eu me importo para o que as pessoas pensam? Acha que isso é sobre ego? Se não fizermos nada, este vírus nos dizimará. Isso é sobre sobrevivência. Sobre salvação. Salvação? Que salvação? Esse teste não faz sentido. Ninguém irá vê-lo. Quando desativarem Afterlife irão destruir esse lugar. Tudo o que você fez será por nada. Nada! Me dê o antídoto e levarei você e sua pesquisa conosco. Seus resultados, arquivos, o que quiser. Meu Deus, Rand. Está matando ela. Estou fazendo o que posso e espero falhar. Porque se ela sobreviver à morte, há esperança. A melhor coisa desse vírus Radio as vítimas não podem morrer. Está indo muito devagar. Estamos ferrados. Hancock! Filho da . Onde os outros veem doença, eu vejo um milagre. Com pequenos ajustes no RNA, o vírus, teoricamente, poderá coexistir com o tecido humano. É uma forma permanente de regeneração. Células que nunca morrem. Você está pensando na imortalidade. Esta é a cura. Ela é a pesquisa. A única maneira de testar é matando a cobaia. Você é louco pra porra. Hancock, o que faz aqui? Aqui está. Chase, você já teve um trilhão de dólares? Nem eu. Por quê? Vida eterna. Dinheiro infinito. Jordan. Chase, o antídoto é R-E-D . Entendi. Estamos tão ferrados. Tem uma caixa de ferramentas? Pode acelerar a conexão manualmente. Perguntei pela caixa de ferramentas. Ali dentro. Merda. Merda. Temos que ir. Temos que ir agora! Chase, teremos companhia. Como está o hackeamento? Um pouco lento. Disse que me levaria contigo, temos que chegar ao teto. Vamos! Jesus. Está de sacanagem? Não é pessoal. Vai se foder. Morreremos se ficarmos aqui. Merda. Temos que ir agora! Temos que chegar na cobertura! Não terminei. Que droga! Não dá para vencer. Vamos nos salvar, pelo menos. Anda logo, idiota! Vamos! Anda logo! Temos que vazar! Não vamos embora até terminar. Temos que ir agora. Segure-os. Isso! Porra! Você não pode salvá-los. Está perdendo tempo. Temos que ir. Mantenha-os longe. EXECUÇÃO DO AFTERLIFE ABORTADA SISTEMA INOPERANTE Isso! Droga! Destrua! Destrua tudo. Afirmativo! Enquadrando coordenadas. Porra! Jordan. Sim, Chase. Consegue correr? Consigo. Mesmo? Sim! Merda. Chuck! Um minuto para o alvo. Corre! Alvo localizado. Obrigado, Chuck. Está brincando? Depois do que fez pela minha filha? Eu que agradeço. George Hancock? Mer Radio Deixe-o. Algo virá comê-lo em breve. Nossa, você está fedendo! Vai para lá. Olá, Lana. Jo realmente achou algo que gosta. Incrível como esse moleque Radio Não ouvia sobre ele há meses, desapareceu da face da terra. De repente, ele tem um bar. Lana, pode levar Lou à escola daqui a pouco? Se ele mete alguma ideia na cabeça, ele não vacila. Vai atrás. Eu contei a ele sobre o papai, mas ele já sabia. Ei! Estou falando com você! Sim, sim. Estou ouvindo. Certo. O que preciso fazer? Ir para a cama. Não, eu prometi ajudar e é para isso que estou aqui. Vá deitar! Eu precisava chegar a tempo para ajudar. E cheguei, não? Sim, você ia ajudar. Qual o problema? Estou aqui, não? Como prometido. Promessa é dívida. Hã? Vamos Radio Não. Pode parar com essa cara. Sim, essa é melhor. Vamos. Faça o que quiser. O que devo fazer? Vamos lá. Trabalhar. O que foi? Alô? Olá, Jo. Oi, como está? É seu irmão. Eu irei Radio ajudar nos fins de semana. No bar? Se não for ruim, claro. Não, não há problema. E para você? Tudo bem? Por que eu ligaria? É claro que não há problema. Aprender a pegar cerveja e servir bebidas não deve ser tão difícil. Se você consegue Radio Estou ansioso por isso. Te vejo na ta. Tchau. Tchau. Quero uma Imperial. Uma o quê? Uma Imperial. Uma o quê? Imperial! Temos "Perial"? Dê uma cerveja a ele de uma vez! É o primeiro dia dele. Duas cervejas. Continue assim, Frankie. Está se saindo bem, amigo. merda. Que bagunça! Espera aí. Frank, espere um minuto. O encanador está chegando. Com certeza é um absorvente. Mesmo colocando centenas de avisos dizendo para não jogar nada no vaso, as garotas jogam de tudo aí. Putz! Viu só? Olhe para ele. Ali, ele. Ah, Davy Coppens. Quem? Davy Coppens, do "The Shitz". É ele. Davy Coppens. É um amigão meu. Hã? É um amigão meu. Não. É mesmo? É claro. Você o conhece? Não, conhece nada! Está me zoando! Você o conhece? Eu que pedi para ele vir. É mesmo? Estou na publicidade, mano. Ele trouxe o equipamento. Será nosso DJ um pouco. Se estiver tudo bem para você. Mas é claro. Ele está na minha perna de novo! Ei! Ei! Ei! Jo! Jo! Hã? O quê? Ei, saia daí! Ei! Ei! Não tem graça, cara. Só quero que vá embora. Cadê seu coração? Ei, amigo Radio Não, não. Suma! Ei! Filho da ! Obrigado, Manu. E aí? A comida está pronta? Estou cozinhando com Wibo. Pode fazer um para meu irmão? Sem problema. Ei. Ei, o que é isso tudo? São drogas pesadas, amigos. É sério. Não faça isso, Jo. É o começo do fim. Ele é meu irmão mais novo. É. Venha aqui. Faça seu melhor, gordinho. Você é que é gordinho. Fodido pela indústria musical. Eu sou a indústria musical. Pare. Obrigado. Vá em frente. Nossa, amigo. O que foi agora? Por ali. Cuidado com sua cabeça. Sim, sim. Fantástico, não é, mano? O que acha? Acho que é a parede do lado do bar. Uma viga de aço embaixo, tira a parede, porta nele. Então Radio coloca uma porta. Deixa fechada na semana e aberta no fim de semana. Excelente. O que é aquilo ali? Acho que é o beco ao lado do bar. E aí? Sim. Uma saída de emergência. É muito importante. Jo, você é um gênio. Se você se tornar meu parceiro, podemos fazer isso. Sim. Sem problemas. Certeza? Claro. Metade das ações para cada. -. Está bom? Concordo. -! Boa noite. Boa noite. Boa noite. Vamos lá. Ei, Frank. Vamos. Ei, seu doido. Nos vimos muito pouco ultimamente, não? Você praticamente não viu meu filho. No Natal. No Natal. No Natal, diz ele. Ei, também senti sua falta, sabia? Melhor assim? Tudo bem falar assim, né? Sim, não há problema. Acho que tudo bem dizer isso. Aliás, mamãe foi visitar papai. Não acredito Radio

Comentários

Nenhuma resenha encontrada

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

*