Nazare TV Belém

Nazare TV Belém, Nazare TV Belém ao Vivo Online

até mesmo dos militares. Quem é você, mesmo? Eu te disse. Cala a boca. Estou falando com ela. Onde está indo, querida? Deixe-a em paz. Agora, se ele falar de novo, atire nele. Quem caralhos é você? Eu poderia fazer isso o dia todo. Serei honesto com você. Os travestis de Bancoque pegaram mais pesado. É? Era algo tipo isso? Bom. Muito, muito bom. Tire as mãos de mim. Estamos indo para um lugar um pouco mais privado. Verei o que é preciso para fazê-la chorar. Não! Eu conto. O quê? Começaram sem mim? Chase, temos um vazamento. Mexam-se, mexam-se. Vai, vai, vai! Vamos! Mexam-se! Vai, vai, vai! Mexam-se, mexam-se! Sandra! Nosso equipamento! Todo nosso equipamento! Eles pegaram o pendrive? Está no meu bolso. Vamos. Temos que sair daqui. Temos que ir! Vamos! Eles estão parando. O que diabos é isso? Corram! Garth! Chase! Hancock! Muito bom, Chase. Chase! Vamos, temos que sair. Vamos, temos que ir agora! Vamos! Vai, vai, vai, vai! Vai, vai, vai! Merda. Por aqui! Onde? Onde? Merda, está fechado. Ah, merda. Joga a chave inglesa. Abra essa porta! Depressa! Vamos! Vai, vai! Consegui! O que diabos eram aquelas coisas? Não sei. Mas vai ser um cu lidar com eles. Desde quando os Zs se movem tão rápido? Ei, Garth. Garth, cara. Você ainda está bem? Depende do que quer dizer com “bem”. Vou sobreviver, queridão. Vou sobreviver. Garth, merda. Você foi mordido. Vamos pegar um pouco de Zombrex pra você. Merda. Sempre soube que esse dia chegaria. Deixe-me dar uma olhada. Tem que botar pressão nisso. Tudo bem Radio Aargh! É como se essas malditas coisas tivessem evoluído. Tinha uma tatuagem no pescoço. Como um número de identificação. Isso não é evolução. Há apenas uma explicação lógica. Phenotrans? Eu não sabia nada sobre isso. Acha que eu ia descer aqui se soubesse que eles estavam lá? Você é o especialista. Agora estamos presos aqui sem nenhum equipamento. Era sua rota. A culpa é sua. Está me culpando? Era a sua rota. Você estaria morto se não fosse por ele. Acabei de matar um cara, assim como você. São pessoas, não zumbis. Isso nunca foi parte do plano. Prefere ter a mãos limpas e ficar sem cabeça? Isso faria você se sentir melhor? Não, não faria. Não é o que estou dizendo. Ei, parem! Parem! Na primeira vez eu não tinha equipamento. Mas sobrevivi. Precisamos lembrar a razão de estarmos aqui. , milhões de vidas. E correndo contra o tempo. Temos que ficar juntos. Certo. Sinto muito, pessoal. Você está certo. Tudo bem. Precisamos fabricar armas. Srta. Ingot? Eu sou Jill Eikland, da UBN. Lançaremos uma história sobre o Afterlife em horas Radio George Hancock tem problemas psiquiátricos graves, incluindo delírios paranoicos. Ele está de licença médica. Se você explorar isso por Ibope, nossos advogados vão destruí-la. Há duas versões da história. Uma, o Exército roubou sua tecnologia e usou-a para massacrar um milhão de pessoas. E outra, Phenotrans construiu Afterlife a partir do zero. Qual você acha que eu deveria seguir? Quando Lyons for atrás de você, vai precisar de amigos. Vamos chegar lá. Quando chegarmos, e se eu não conseguir? Você é a melhor hacker que conheço. Sou a única que você conhece. Certo, você improvisa. Olha, eu conheço você. Você anda por aí com um chip, como se não fosse nada. Você é mais forte que qualquer um que conheço. Odeio ter arrastado você para isso. Chase, você não me arrastou. Eu vim por minha conta. Mas da próxima vez, vamos jantar e ver um filme? Lyons não vai parar. Na melhor das hipóteses Radio ele mata nossos clientes e não é pego. Phenotrans será destruída. Na pior das hipóteses Radio ele encontra um meio de nos culpar por isso. Ele decide que não precisa mais de nós. Nos coloca numa cova rasa reservada para repórteres. Você acha que ele mataria você? Você sabe qual a chave para a força da Phenotrans, Rogers? Não é o dinheiro. Nem a pesquisa ou tecnologia patenteada. É o medo. Terror zumbi e da dependência total em nós, de um antídoto. É assim que sobrevivemos. Assim que Lyons destruir o vírus, você vai lançar uma nova cepa de nosso estoque. Rand nos deu pouca escolha. Sabe, há coisas piores do que perder uma empresa. Não para mim. :: PARA EXECUÇÃO DO AFTERLIFE Acha que vir aqui a desobriga de algo? Com quem? Com a Humanidade. Deus, tanto faz. Não sei. Talvez, sim. Bem, não desobriga. Então eu salvei minha irmã. Muito mais fácil arrancar esse chip dela. E apenas deixar outro milhão de pessoas morrer? Besteira, cara. Se pensa assim, o que faz aqui? Expiação, como você. Mas não me iludo. Eu sei que não faz diferença. Qual é o seu problema? O meu problema é que eles podem precisar de você. Então não posso meter um prego na sua cabeça e seguir com a vida. Se formos para o norte, chegaremos ao hospital VA em cerca de , Km. Parece bom. Merda. Rápido! Para dentro. Aqui. Vamos sair daqui. Vamos indo. Merda. Temos que ir. Vamos. Porra. Chase! Aguente, amigo! Garth! Vamos! Para a porta. Vá para a porta. Chase! Vai! Merda. Porra. Porra! Vamos ver se pode voar. Sandra? Sandra! Merda. Jordan? Venha comigo. Meu Deus. :: PARA EXECUÇÃO DO AFTERLIFE Alguém tentou seguir você? Eu acho que não. Preciso que você confie em mim. Em quê? Alguém quer conversar. Você me enganou. Não, não. Pare. Relaxe. Estou do seu lado. Tenho uma história para você. Há uns anos, o Exército decidiu usar chips Zombrex como armas. E construíram uma instalação da Black Ops em Mission City, para testá-los e usar quando estiver pronto. Afterlife? Já sabia disso. Mas não sabe que quando a ideia do a prova de falhas surgiu, Ingot e Lyons fizeram um trato, certo? Dr. Leo Rand, que é chefe da pesquisa na Phenotrans, é encarregado de concretizar o Afterlife. Em troca, Rand pode usar cobaias humanas para praticamente tudo o que quiser em uma instalação secreta sem supervisão nenhuma. Em que está trabalhando? Supostamente uma cura, mas só Ingot sabe com certeza. Por anos esteve lá, torturando e matando suas cobaias. Mas Ingot não quer detê-lo porque acha que está quase conseguindo. Está torcendo que ele acerte antes do exército terminar tudo. Estas são imagens dos testes e documentos ligando Ingot a eles. É perturbador, é criminoso. Mas tem mais que o suficiente para enterrá-la.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *