Radio Metropolitana 1070 AM

Radio Metropolitana 1070 AM, Radio Metropolitana 1070 AM ao Vivo Online

amado, o prazer que ainda sinto em incitar-te. Não queres que João receba minhas províncias? Acertastes na mosca. Não te suporto quando és presunçoso. Eu sei, eu sei. Não queres Ricardo, e não queres João. Compreendestes bem. Certo, então, destrua-me. Deixe-me ter isto. O que tu queres? Uma nova esposa. Oh. Então, eu serei anulada. Bem, o Papa me divorciará, tu não achas? O Pontífice deve-me o pontificado. Acho que ele fará. Sai Leonor, entra Alice. Por quê? Uma nova esposa, mulher, me trará filhos. Esta é a única coisa jogos da qual eu pensaria que tu tinhas o suficiente. Eu quero um filho. Poderíamos povoar jogos uma vila com as meninas da província que tiveram filhos teus. Quantos são? Me ajudes a contar os bastardos. Todos os meus filhos são bastardos. Tu realmente tencionas fazer isto? Senhora amada, com todo o meu coração. Teus filhos são parte de ti. Como verrugas e bócios, e estou removendo-os. Nós os fizemos. São nossos garotos. Eu sei, e bom Deus, olhe para eles. Geoffrey é a obra-prima. Ele não é de carne, é um dispositivo. Possui rodas e engrenagens. E João Foi sua última traição idéia tua? Eu o pegava mentindo e me dizia “Ele é jovem”. Descubria-o trapaceando e me dizia “Ele é apenas um menino”. O tenho assitido roubar, prostituir e açoitar seus servos, e ele não é uma criança. É o homem que nós educamos. Não divida João comigo. Ele é tua realização. E Ricardo é a tua. Como podes enviá-lo para tratar com Filipe? Eu estava cansada. Estava ocupada. Eles eram amigos. Leonor, ele foi o melhor. Desde o berço, tu o embalastes. Eu nem tinha uma chance. Nunca quisestes uma. Como poderias saber? Tu o tomastes. A separação do teu marido podias suportar, mas não do teu filho. O que quer que eu tenha feito, tu me levastes a fazer. Me jogastes fora da cama por Ricardo. Não até que tu me jogastes fora por Rosamund. Não é simples assim. Eu não tenho que ser assim simples. Eu idolatrei-te. Nunca. Ainda idolatro-o. De todas as mentiras, esta é a mais terrível. Eu sei. Por isto guardei-a para agora. Oh, Henrique, temos deturpado tudo o que tocamos. Neguemos o quanto quisermos, foi isto que fizemos. Lembra-te de quando nos conhecemos? Até mesmo a hora e a cor de tuas meias. Eu mal podia vê-la devido à luz do sol. Estava chovendo, mas não importa. Houve muita pouca conversa, pelo que me lembro. Muito pouco. Eu nunca tinha visto tamanha beleza. Eu subi direto e a toquei. Deus, onde eu encontrei ousadia para fazê-lo? Nos meus olhos. Eu te amei. Sem anulação. O quê? Não haverá anulação. Não haverá? Não, temo que terás que se virar sem ela. Bem, era apenas um capricho. Me sinto tão aliviada. Eu não queria perder-te. Só por curiosidade, como intelectual para intelectual, como, em nome do sangue de Jesus, tu poderias perder-me? Sempre vemos um ao outro? Estou sempre perto de ti? Sempre contigo? Estou sempre em qualquer lugar mas em outro lugar? Eu escrevo? Nos enviamos mensagens? Pequenos barcos contendo presentes para ti sobem o Tâmisa? Estás lembrada? Tu estás. Tu não és parte de mim. Nós não nos tocamos em ponto algum. Como tu podes perder-me? Não consegues sentir as correntes? Tu me conheces bem o suficiente para saber que não posso ser barrado. Eu não quero pará-lo. Quero apenas atrasá-lo. Cada inimigo que tens, tem amigos em Roma. Nós lhe custaremos tempo. O que é isto? Não estou estragando. Minhas cores não estão descascando. Estou bom por anos. Por quantos anos? Suponha que que te prenda por um. Eu consigo. É possível. Suponha que teu primogênito morra. O nosso morreu. É possível. Suponha que então venha uma menina. Como nós. Isto também é possível. Quantos anos terá o papai então? Que classe de linhagem esguia, vacilante, leitosa, fenecida, de olhos turvos, de mãos aleijadas e débil gerarás? É doce que te importes. E quando morreres, o que é lamentável mas necessário, o que ocorrerá com a frágil Alice e seu princípe enrugado? Não podes pensar que Ricardo esperará pelo crescimento do teu grotesco. Tu o deixarias fazer algo assim? Deixá-lo? Eu o empurraria pela porta do berçário. Não és tão cruel. Não te preocupes. Nós esperaríamos até que tu morras para fazê-lo. Leonor, o que queres? O mesmo que tu queres um rei de um filho. Tu podes fazer mais, eu não. Tu pensas que quero desaparecer? Um filho é tudo que tive, e tu podes apagá-lo e chamar a mim de cruel? Por estes dez anos, tu tens vivido com tudo que perdi jogos e amado outra mulher todo o tempo, e eu sou cruel? Eu poderia descascá-lo como a uma pêra, e Deus mesmo chamaria de justiça. Eu morrerei em breve. Um dia me abaixarei lentamente, e em Westminster, cantarão “Vida longa ao rei” para outro alguém. Te imploro, deixe que seja um filho meu. Não estou comovida às lágrimas. Eu não tenho filhos. Tu tens muitos filhos. Não precisas mais. Bem, me deseje sorte. Estou partindo. Para Roma? É onde fica o Papa. Não ousarias ir. Repita isto à tarde. Falarás ao traseiro do meu cavalo. Cordeiro, estarei livre de ti na Páscoa. Podes contar teus dias de reinado! Tu vais a Roma, nós levantaremos contra ti. Quem irá? Ricardo, Geoffrey, João e Leonor de Aquitânia. O dia que estes intrépidos se unirem é o dia que os porcos ganham asas! Haverão porcos nas copas das árvores pela manhã! Não percebes que estás dando a eles um motivo comum: novos filhos? Deixas estas terras e asd perderás. Sim, ele o faria. E agora, como vai tua viagem a Roma? Oh, eu te peguei, peguei, peguei. Devo convocar mil homens em armas, ou isto é muita ostentação? Blefes. Ah, pobrezinha. Como pude estragar a surpresa? Tu tinhas apenas calculado mal. Eu? Como? Deverias ter mentido. Poderias prometer ser boa enquanto eu estivesse fora. Eu teria deixado teus três filhos livres. Eles poderiam me atacar então. Tu não menterias teus filhos presos aqui. Por que diabos não? Não ousarias. Por que não? Deixe-os sentarem em Chinon por um tempo. Eu o proibo. Ela proíbe. Teu pai dormiu comigo ou não? Sem dúvidas me dirás que ele dormiu. Te angustiarias? Que tal mil homens? Eu digo seja gritante e ao inferno com isto. Não me deixes, Henrique. Estpou no fundo do poço e farei de tudo para manter-te. Acho que achas que queres mesmo isto. Peça-me algo.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *