Radio Cidade FM 87.9 FM

Radio Cidade FM 87.9 FM, Radio Cidade FM 87.9 FM ao Vivo Online


Adicione ao seu site.

então era divertido. Não pense demais. É um psiquiatra, não é? Cara, o que me entregou? O time sempre tinha alguns na folha de pagamento. Fala macia, amava olhar nos olhos, sem dizer que o colete e os sapatos não ajudaram. Então sabe exatamente qual minha próxima pergunta. Como estou me sentindo? Em conflito. Digo, meu filho está na emergência, então, como pai, estou preocupado. Mas como jogador aposentado sabendo que, estar no gelo foi o que nos trouxe até aqui, não poderia estar mais orgulhoso. Sacrificar-se em nome do esporte. Não sei nada sobre isso. Nunca joguei Hóquei. Isso é vergonhoso. Você tem um corpo grande. Nunca pensou em agarrar? Sou mais uma traça do que um pugilista. É, entendo. Punção lombar feita. Levaremos ao laboratório e partiremos daí. Ótimo. Prazer, doutor. O prazer é meu. Perda de memória de curto prazo. A ETC só é diagnosticada pós-morte, mas acho que seus instintos estão corretos. Ainda nisso? Sua mãe não disse que comdor demais pode cegá-la? Minha mãe era advogada e trabalhava h/sem. Não falava muito comigo. Está na mão das enfermeiras. Este hospital é muito longe da cidade. Você não duraria muito no ermo. E assim é um jeito de conseguir baunilha. Está andando conosco. Tem um pouco de sabor agora. Esse é o Boston? Invernos são terríveis. Me pegou nessa. Talvez estamos querendo que você fique. Chicago Med com certeza tem chances. As Dúvidas são sobre minha especialidade. Achei que iria para patologia mas o PS está me encantando. Não acredito que falei isso. Está tudo bem, querida. Você não é a primeira rata de laboratório que mudamos. Não deveria ser o último a chegar. Paciente preparado, dr. Downey. Vamos começar o show. Colocando Propofol. Pressão caindo. Sem pulso. Rhodes, no peito dele. Allen, quanto de epinefrina foi dada? miligramas. Pulso voltando. Bom formato da onda na linha arterial. Ele está em ritmo sinusal. Façamos uma ecocardiografia. Tudo bem. Aí está, doutor. Obrigado, enfermeira. Entra aí. Mostre o que tenho que ver. Olha a válvula aórtica. Área da válvula. . O cardiologista disse que estava levemente estenótica. Eu sei, mas isso é crítico. Ele precisa de uma nova válvula. Há quanto tempo os pulmões estão fora? Incluindo o transporte, pelo menos horas. Aguentam mais umas ou horas. mas nada de transplantar até ajeitarmos a válvula. Deixe-o sedado, nessas condições, ele não aguenta outra parada. Precisamos bolar um plano, já. Código azul, leito . Código azul, leito . O que aconteceu? Estava estável agora. Estávamos conversando. Pare as compressões. Sem pulso. O que está acontecendo? Não sei. Não está respirando. Fibrilação ventricular! Carrinho de choque! Carregue para joules. Carregando. Carregado. Afastem-se. Nat, afaste-se. Não, me dê mais um segundo. Vejo as cordas. Estou quase lá. Está bom, entubado. Vamos. Todos afastem-se! Nada. SO no aguardo. de Epinefrina. Aqui está. Carregando. Carregado. Afastem-se! Pronto. Ainda em fibrilação. Nat, assuma as compressões. Não pare por nada. April, a epinefrina? Epinefrina posta. Afastem-se! Afastem-se! RCP. Epinefrina novamente. Dê uma ampola de bicarbonato. Sim, doutor Assístole, não há nenhum pulso. Deixa comigo. Will. Will, ele se foi. Hora da morte, :. Uma valvuloplastia vai estabilizar a válvula, e nos permitir transplantar. É só temporário. Em um mês, voltaremos ao zero, trocar a válvula. Ao menos agora o paciente pode transplantar. O abrimos, trocamos a válvula e transplantamos a seguir. Não o quero aberto tanto tempo. É um convite para outras complicações. Certo. E que tal isso? Nós fazemos a troca da válvula e o transplante do pulmão ao mesmo tempo. Faremos a troca da válvula do implante transaórtico antes. É menos invasivo. O cardiologista vai pela virilha com um cateter e repara a válvula. Assim que terminarem, seguimos com o transplante. Sim, senhor. Uma infecção no cérebro. Tipo meningite? Dá para tratá-lo com antibióticos, não? Possivelmente. Identificamos cedo. Esse é cerebrite, não meningite, além de mais sério, vem de uma condição existente, que ainda não encontramos. Então, mais exames? Infelizmente, sim. Terceiro período, filho. Vamos conseguir. Sr. Cooper radio Pode conversar um segundo? Sim, claro. Aguente firme. Nós vamos até o fim com isso. Eu não pude deixar de notar mais cedo radio O ECT. Sim. Sim, eu sei. Eu sei. Está tudo sob controle. Sr. Cooper, essa doença é progressiva. Você acha que eu não sei disso? Eu tenho um médico particular, um médico da equipe de onde joguei, e ele diz que não é ruim. E Bret? Bret está bem. Certo? O jogo mudou, não é? É mais seguro. Melhores equipamentos, regras radio Ele sabe? Eu não sei como isso é da sua conta. Bret merece saber. Que tipo de pai não conta. Veja como fala comigo! Dr. Choi! Peço desculpas pelo meu colega, de verdade. Por que não vai dar uma olhada na sua esposa e filho? Sinto muito sobre isso. Tudo bem. Obrigado. Ele está escondendo de Bret. E você achou que ameaçá-lo iria deixá-lo mais suscetível? Essa é minha conversa. Por que não me chamou? Ele está em negação. Ele está? É por isso que você faz terapia e se mantém nela. Vamos lá. O que é isso? Posso falar com você um minuto? Por que administrou vitamina K em meu paciente sem me consultar? A coagulação dele estava lenta. É o protocolo padrão, e você quis dizer nosso paciente. Seu protocolo pode ter causado um embolia pulmonar. Você não tem base para dizer isso. Várias coisas podem ter acontecido. Ele está batalhando há anos contra a vasculite. Agora está dizendo que ele é uma bomba relógio? Eu não disse isso, e se tivesse me ouvido, saberia. Eu te ouvi alto e claro. Achou que nada estava errado, e onde está o Tim? Ele estava estável quando o deixei. É melhor pensar no que está dizendo. Nat, aquela vitamina K fez ele expelir um coágulo. Você não sabe disso. Se você não tivesse interferido, ele ainda estaria aqui. Não, isso não é sobre mim. Isso é sobre você e a bagunça que fez quando ressuscitou Jennifer contra a ONR dela. Mas, me culpar por isso, não tornará aquilo certo. Eu te chamei duas vezes. Não deveria estar em cirurgia? Não, o paciente teve uma parada. Precisou de um TAVI, e eu fiquei livre e achei melhor



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *