Radio Nacional AM

Radio Nacional AM, Radio Nacional AM ao Vivo Online

Radio Nacional AM Dewey? Dewey. Dewey? Mamãe, você veio! Esse é meu filho de anos favorito. Não, por favor. Não na frente dos garotos. Olá, rapazes. Olá, Sra. Cox. Queria desejar boa sorte. Sei que vocês vão tocar uma ótima música. Obrigado, mãe. Estou orgulhosa que tenha aprendido a tocar guitarra tão bem. Mesmo sem o senso do olfato. Está tudo bem, mamãe. Aprendi a tocar de ouvido. Vá lá e cante com todo o coração. Vou cantar, mamãe. Não sei o que estamos fazendo aqui nesse show de talentos. Estamos aqui para ver nosso menino. A senhora está bem? Sim, estou. Só a minha vertigem de sempre. O que é vertigem? Só uma tonteira leve. Uma tonteira nunca fez mal a ninguém. Testando, testando. Lagostim, lagostim. Olá, pessoal. Bem-vindos ao show de talentos anual. Começaremos com os malabarismos de Johnny McGraw SPRINGBERRY HlGH SCHOOL Noite de Talentos! Como vamos seguir isso? Delilah Montgomery. Delilah Montgomery. Muito bom! E agora, Dewey Cox vai cantar uma música. Então, senhoras e seres radio Radio Nacional AM Eu sei. Vamos receber Dewey Cox e os Dewey Cox Four. Oi. Meu nome é Dewey Cox. Esta é uma canção que compus chamada “Take My Hand”. Espero que gostem. Droga, morreu o menino errado. Pegue Pegue Pegue na minha mão Vamos andar pelo ?arque Prometo que a levarei Para casa antes de escurecer Vou para casa antes de escurecer A vida pode ser tão doce Andando com você pela rua Essa música é um ultraje! Venha ?egar na minha mão É a música do diabo! Tudo bem se você for tímida Afinal, eu sou um homem E você é uma mulher Mas não se engane É a sua mão Que eu quero pegar Então por favor Por favor Pegue na minha mão Você vai para o inferno! Blasfêmia! Chega. Quero que saia dessa casa. Pai! Você ouviu o pastor. Acha que não sabemos do que está falando radio quando diz “pegue minha mão”? O quê? É sobre dar as mãos. Cuidado com o que diz. Sabe quem tem mãos? O diabo. E ele as usa para pegar. E não há lugar na minha casa para filhos do diabo. Cuidado. Não vá dizer algo de que vai se arrepender para sempre. Como o quê? Como Radio Nacional AM “morreu o menino errado”? Não! Não! Tudo bem. Tudo bem, mãe. Fique calma. O pai tem razão. Springberry não é grande o bastante para mim. Está na hora de Dewey Cox seguir em frente. Mas você só tem anos. Mamãe, eu amo você. Mas não preciso de ninguém. Só preciso da minha música. Hoje vi o meu caminho e pretendo segui-lo. Algum dia, farei minha obra-prima radio e você terá orgulho de mim. Como tinha orgulho do Nate. Posso ir com você, Dewey? Claro que pode, Edith. Você é minha namorada. Sou? Sim, boba. Apontei para você na platéia. Ouviu isso? Sou a namorada de anos do Dewey! Você é o homem mais talentoso que já vi na vida. E vai receber apenas amor e apoio de mim radio para todos os seus sonhos pelo resto da minha vida. Então, vamos. Saia dessa casa. Antes que corte seus sonhos pela metade, como você cortou os meus. Adeus, pai. Espere para ver o que vai acontecer agora. Vamos lá. Mamãe e papai saíram de casa Os filhos estão contentes Nossa casa Toda vai pular para valer Nós vamos pular As crianças vão ?ular Vamos ?ular, as crianças Mamãe e papai saíram Vamos pular, pular, Radio Nacional AM pular Pular, pular, pular Pular, pular, pular Vamos ?ular, as crianças Mamãe e papai saíram Manda ver! Isso é que é um olhar sexy. Estou gostando. Vamos pular, pular, pular Pular, pular, pular Pular, pular, pular Vamos ?ular, as crianças Mamãe e papai saíram É isso aí. Vamos ?ular, as crianças Mamãe e papai saíram Vamos botar pra quebrar, rapazes. Vamos ?ular, as crianças Mamãe e papai saíram Isso, querida. Vamos terminar aqui. Meu nome é Bobby Shad e esses são os Bad Men. Vamos fazer uma pausa, voltaremos a seguir radio para tocar até o sol raiar, está bem? Sr. Shad! Sr. Shad! Foi demais. Eu toco um pouco de violão. Se precisar radio Dewey! Sim? Pago você para limpar, não chatear a banda. Meus clientes dançam sensualmente e precisam de um chão bem limpo! Faça seu trabalho ou arrumarei outro. Sim, senhor. Os blues solitários Dewey, pode parar com o barulho? Estou tentando alimentar seu filho! Como vou virar um músico famoso se não puder praticar? Quer parar de falar de música? Mas é o meu sonho. Cansei dos seus sonhos, Dewey Cox. Você é um egoísta desgraçado. Papai disse que se voltarmos, você pode trabalhar no abatedouro. Você pode ganhar a vida honestamente. Não precisava abaixar a cabeça envergonhado, como um fracassado. Estou bem para um garoto de anos com esposa e filho. Mas, querido radio Radio Nacional AM pensei que gostasse de trabalhar no abatedouro do papai. Eu gostava. Tem verdadeiro talento para isso, garoto. Um dia, isso tudo será seu. Eu gostava muito, Edith, mas eu quero mais que isso. Nenhum músico ganha dinheiro, Dewey. O quê? É lógico que ganham. Muitos ganham. Por exemplo? Slim Whitman. Quem diabos é Slim Whitman? Certo, Frank Sinatra. Quem diabos é Frank Sinatra? Edith, estou começando a pensar radio que talvez você não acredite em mim. Eu acredito em você. Mas sei que vai fracassar. Do que está falando, Edith? E os meus sonhos? Edith, não dá para construir uma casa de doce! Vai desmoronar! O sol vai derreter o doce! Não daria certo! Daria certo se não chovesse. Dewey, Radio Nacional AM



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *