Radio Pajucara FM 101.9

Radio Pajucara FM 101.9, Radio Pajucara FM 101.9 ao Vivo Online

Pelo menos, chegará a coronel. Sério? Claro! Tal como diz no manual. Vocês têm as qualidades para serem peritos no uso de armas. Porque isto é a arma mais potente na guerra. O espírito de luta está na garrafa. Voluntários. Querem se alistar? Vamos lá. Venham, cavalheiros, venham. O tiroteio ainda não começou, temos tempo. Quem tiver mais álcool pra embebedar os soldados e os mandar para a matança, é o vencedor. Nós e eles do outro lado do rio, só temos uma coisa em comum. Ambos exalamos álcool. Como disse que se chamava? E você? Nomes não importam. Sim, em breve poderão se juntar aos heróis da ponte Branston. Temos dois ataques por dia. Dois ataques por dia? Claro! Os rebeldes decidiram que a ponte é a chave de toda a área. Uma ponte estúpida e inútil. Cocô de mosca nos mapas do quartel-general. O quartel-general decidiu que temos de conquistar aquele cocô de mosca, mesmo que sejamos todos mortos. Caso contrário, a chave fica enferrujada e não passa de um sinal na parede. E isso não é tudo. Ambos os lados querem a ponte intacta. Intacta é como o Sul a quer, e nós também a queremos intacta. Todos serão reduzidos a pó, mas uma coisa é certa, rapazes: A ponte Branston ficará inteira. É ruim falar assim a voluntários? Já fiz muito pior. Já fiz isso, eu já a explodi. Aqui, destruí tudo. Uma ofensa ao Conselho de Guerra pensar em destruí-la, um crime grave. Até mesmo pensar em destruir a ponte já é… Por que não arrebentar com ela, capitão? Sim, capitão, isso não é nada, vamos fazer isso. Tenho sonhado com isso. Eu mesmo elaborei um plano. Estejam certos disso. O melhor momento é depois do ataque. Quando existe uma trégua para pegar os feridos. Se conseguisse destruí-la, salvaria milhares de homens. Mas me falta coragem. Eles começam a carnificina diária deles em horas certas. Capitão, todas as companhias aguardam as suas ordens. Já vou. Vamos. Muito bem, amigos, venham e aproveitem o espetáculo. Companhias, apresentem-se! Companhia B pronta! Companhia E pronta! Companhia D pronta! Companhias, avançar! Ei, loirinho, acho que o capitão pede uma bala nas entranhas. Nunca vi tantos homens serem desperdiçados. Tenho um pressentimento que vai ser uma boa e longa batalha. Loirinho, o dinheiro está do outro lado do rio. Oh! Onde? Amigo, eu disse do outro lado do rio e já chega. Com os confederados ali, não podemos atravessar. O que aconteceria se alguém explodisse aquela ponte? Sim, então estes idiotas iriam lutar em outro lugar. Talvez. EXPLOSIVOS Doutor, rápido, o capitão foi ferido. Rápido, a maca. Devagar, devagar agora. Preparem as coisas. Um pouco disso ajudará. Beba um trago disto, capitão, e mantenha os ouvidos abertos. O que estão fazendo? Não, me deixem em paz. Loirinho, percebe que talvez estejamos arriscando a vida? Sim, se eu morrer nunca porá as mãos naquele lindo dinheiro. Sim, Tuco. Seria uma pena. Doutor, se me ajudar a viver um pouco mais… Espero boas notícias. Por que não contamos ao outro a nossa metade do segredo? Por que não? Você primeiro. Não. Acho que é melhor você começar. Está bem. O nome do cemitério é Sad Hill, agora é a sua vez. O nome do túmulo é Arch Stanton. Arch Stanton? Tem certeza? Sim, tenho certeza. Será muito mais fácil com isso. Dois cavam bem mais depressa que um. Cave. Não está cavando. Se me matar, não verá um tostão daquele dinheiro. Por quê? Eu lhe digo porquê. Porque não há nada aí dentro. Seu filho da… Achou que confiaria em você? mil dólares é muito dinheiro. Teremos que merecê-lo. Como? Escreverei o nome nesta pedra. A arma. Seu porco, queria me matar. Quando o esvaziou? Ontem à noite. Neste mundo há dois tipos de pessoas, meu amigo. Aquelas com armas carregadas e aquelas que cavam. Você cava. Onde? Aqui. DESCONHECIDO Não tem nome. Aqui também não tem nome. Foi o que o Bill Carson me disse. A cova escrita “desconhecido”, ao lado de Arch Stanton. Cave. Loirinho, é todo nosso! Está brincando, loirinho, não faria uma brincadeira dessas. Não é brincadeira, é uma corda, Tuco. Quero que fique em pé ali, e coloque a cabeça no laço. Bem, agora… Parece com os velhos tempos. Estou indo. Espere. Estou indo. Espere. Estarei ai. Dê-me ele. Deixe-o em paz. Vá para sua casa! Deixe-o em paz. Saia daqui. Saiam da minha propriedade e longe da minha gente. Quero dizer agora. Voltem para seu próprio país. Tudo bem! Vão. Esse cara, sua esposa morreu. Este seu filho, e ele quer uma vida melhor para o menino aqui. Querem ele de volta lá. Obrigado. Salvou minha pele. O ouviu isso? Ficaremos com ele. Agora vão. Voltem. Sim. Leve para sua casa e arrume um pouco de comida e descanso. E chame as autoridades certas ou talvez não. Vou deixar isto com você, tudo bem? Certo. Sim. Vamos. Venha. Vão agora. Voltem. Vão. Se voltar, arrancarei suas pernas a tiro. Posso fazer isso. Certo? Não atravesse mais este rio. Fique fora da minha propriedade. Fique fora do Texas. Polícia! Polícia! Ei, crianças. Como se chamam? Ei, queridos. Mostrem-me seus carros. Pronto para sair? Sim. Sim? Vamos. Venham. Venham comigo. Pronto. Pronto. Sim, vamos. Certo, pronto, queridos, vamos. Eis seu carro. Aqui é a Central. Qual é sua situação? Deixe este carro? Xerife, é o Capitão. Este é ruim, muito ruim. Preciso de ajuda aqui. Por favor, mande Scott assim que puder. Deixe-me ver seu motor, seu carro. Onde está o carro mais rápido aqui? Este aqui. Este carro é o mais rápido. Vamos. Vamos. Certo. Já pensou em sair da Polícia? Sim, pensei. Espero um dia nunca ter que entrevistar outra vítima de estupro ou uma criança queimada ou ver outro corpo mutilado. Nem todos podem fazer nosso trabalho, Sam. A maioria ficaria louca. Oi, sou eu. Está fazendo seu dever? Vai montar mais tarde? Certo. Jantaremos esta noite num lugar divertido, certo? Tudo bem. Abraços. Tchau. Como disse, meu marido morreu há umas semanas. Antes de morrer, pediu-me para investigar o que houve com nosso filho. Procurei você, pois sei que entende espanhol. Sim. E também, meu coração, sem ofender, mas meu coração e minha fé disseram-me para procurar você para que me ajudasse. Claro. Certamente, sim. Explicava à Sra. Davis que nunca desistimos de um caso arquivado. Vou deixar vocês



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *