Radio BBN Fm 96.1

Radio BBN Fm 96.1, Radio BBN Fm 96.1 ao Vivo Online
trabalho aqui, as autoridades tutsi propuseram que eu fosse ver alguns lugares onde a repressão tinha acontecido. Aqui as pessoas se refugiaram numa igreja que pensaram ser segura. Foram todos assassinados. Esta cena é de uma escola. O quadro negro conservou o que estava escrito no momento em que aconteceu. Era estarrecedor. Congo, Aquela população que fugiu do Ruanda, cerca de milhões de pessoas, uma parte dela voltou para casa. Mas muitos tinham pavor da repressão. Uma leva de . deles saíram da cidade de Goma e foram para a selva do Congo. E lá se perderam. Sabia-se que eram mil. Sumiram, ninguém sabia onde eles estavam. Seis meses mais tarde, eles começaram a aparecer, perto de Kisangani, no centro do Congo. Haviam ficado na selva durante meses. Aqui, o alto comissariado da ONU está me levando para o lugar. Havia um trem e fui nele. O trem levaria mantimentos e retornaria, mas falei: “Eu vou ficar.” Passei três dias com eles. Continuavam chegando, em levas e levas, infindáveis. Quando se pensa que eram . no início e que chegaram apenas jogos . Faltavam . pessoas que desapareceram. E paralelamente, a vida continuava. Um barbeiro, cortando cabelos jogos Havia até um congolês com uma calculadora. Ele recolhia os míseros dólares que as pessoas tinham, o pouco de divisas que possuíam e ele fazendo o câmbio. No meio do nada. Numa floresta isolada de tudo. Num dado momento, a guerrilha de Kisangani, que era pró-tutsi, começou a fazê-los voltar. Voltar de onde vieram. Seriam outros meses para voltarem ao Ruanda. A guerrilha começou a matar alguns deles. Foi quando vi gente chegar ao extremo da existência. Começaram a entrar em delírio, perdiam a cabeça, de fato. Tornavam-se loucos. Ao final, essa gente foi expulsa. Não se ouviu mais falar deles. Creio sinceramente que foram todos assassinados. Essa foi minha última viagem, uma triste aventura no Ruanda. Saí dali jogos sem acreditar mais em nada. Achava que não havia mais saída para a espécie humana. Os humanos não deviam sobreviver a algo assim. Não merecíamos mais viver. Ninguém merecia. Várias vezes larguei as câmeras para chorar pelo que via. Sebastião havia desaparecido no mundo das sombras. Questionava profundamente o trabalho como fotógrafo social e seu papel como testemunha da condição humana. Após o Ruanda, haveria sentido em fazer algo mais? Nessa época, a saúde de meu avô piorou. Meus pais precisaram voltar ao Brasil para cuidar da fazenda. Mas era uma terra perdida. Não havia mais pássaros, nem jacarés, nem a floresta majestosa, nem as maravilhas que eram parte das lembranças de infância de Sebastião. E então, Lélia teve uma ideia surpreendente. “Por que não replantar a floresta que havia antes?” A floresta que havia aqui e cobria todas essas colinas era a Mata Atlântica, a floresta tropical do Atlântico. Ninguém havia ainda tentado replantá-la. Quanto mais, cerca de hectares. A sugestão de Lélia pode ter nascido de sua vontade de dar novo alento à família. Mas, arregaçaram as mangas e durante os anos seguintes o que ocorreu neste espaço foi um autêntico milagre que se converteu no chamado “Instituto Terra”. Lembro que no início da plantação, às vezes, à noite, eu sonhava que tudo tinha morrido. Porque a terra era tão medonha, tudo era tão degradado, que eu me perguntava: “Será que vai dar certo?” Em geral, há na Mata Atlântica espécies diferentes. É claro que não tínhamos espécies, mas a cada vez, plantávamos , espécies jogos Da primeira plantação, perdemos %. Da segunda, uns %. Não havia livros dizendo como replantar uma Mata Atlântica. Gosto muito de vir aqui para ver todas essas árvores juntas. Quando se vê toda essa massa de vegetação tem-se uma ideia do esforço que foi isso. Quando eu era pequeno, havia uma pequena cascata aqui. Durante o ano inteiro corria água nessa cascatinha. Com minhas irmãs, vínhamos a pé, fazer piquenique aqui. A floresta era muito fechada na época. E depois, quando derrubamos a floresta, a água desapareceu. Por enquanto, nossa mata é jovem e usa muita água. Mas em ou anos, quando tudo se estabilizar, quando o crescimento estabilizar, tenho certeza que haverá de novo uma bela cascata aqui. Dá para ver que há jogos muitas trilhas. Centenas de trilhas. São trilhas das vacas. A cada passo da vaca no chão, no perímetro da pisada, há uma carga no solo de , quilos. O solo se compacta, perde água, e nada consegue brotar ali. Aqui é interessante observar a diferença. Como era o Instituto Terra, um pasto liso assim, e agora é um ecossistema recuperado, com dois milhões de árvores plantadas. Aqui vemos uma cigarra que cantou até morrer. Ela não encravou o corpo dela na árvore. São os depósitos dos cupins que a estão envolvendo. Aos poucos, ficará enterrada aqui. Às vezes, admiramos as árvores pela sua altura, pela beleza, mas tudo depende delas, nossa água, nosso oxigênio jogos É a casa do mundo inteiro. Formigas, pequenos insetos, cigarras jogos Todo mundo está nas árvores. É gostoso pegar numa árvore que você plantou. Aqui está ela, bem forte, bem resistente. Daqui anos, ela será grossa assim. Por enquanto, ela é jovem, ainda vai crescer. Veja, aqui estão as bem pequenas. Talvez brotaram na noite passada, como Alice, entrando no País das Maravilhas. O mais incrível é que se tornará uma árvore de ou metros e viverá ou anos. Existe um poder enorme aqui. Pensar que estas aqui têm meses e serão adultas com anos jogos Talvez a partir daqui, se possa medir o conceito de eternidade. Talvez a eternidade seja mensurável. No início, pensamos: “Vamos plantar uma floresta.” Era só uma semente, depois só uma plantinha. E agora, não é só uma plantinha, são milhares, milhões. E não é só aqui. É tudo em volta daqui e até mais longe. É isso que é maravilhoso. Uma simples ideia jogos Ela jogos pode evoluir, pode crescer. E não ser mais ideia de alguém, mas de todo mundo. Esse método pode ser aplicado em qualquer parte. Claro, as espécies não são sempre as mesmas. Mas a forma de fazer é igual. Em todas as florestas tropicais. A terra foi a cura para a falta de esperança de Sebastião. A alegria de ver as árvores crescendo e as fontes de água voltando fez renascer a vocação dele para a fotografia.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *