Radio BBN Fm 93.5

Radio BBN Fm 93.5, Radio BBN Fm 93.5 ao Vivo Online
Os kuaitianos fugiram ao sentir a catástrofe chegando. Deixaram para trás os animais trancados, e também os beduínos, a quem eles não prezam como sendo seres humanos. “Trabalhadores” conseguiu unir o economista Sebastião Salgado ao artista no qual ele se transformara. As fotos foram publicadas nas melhores revistas, a exposição viajou o mundo e o livro foi publicado em vários idiomas. Mas Sebastião e Lélia não pararam ali. Logo em seguida, começaram a trabalhar em uma nova grande etapa de reportagens fotográficas. Notaram que um assunto candente de nossa época era o deslocamento de populações inteiras devido às guerras, à fome e às regras do mercado global. Assim, enquanto a Europa fechava suas fronteiras, Sebastião resolveu focar a sorte dos excluídos. Com Lélia, começaram a pesquisar e fazer planos e novamente veio dela o impulso criativo para o novo capítulo de vida, ao qual eles chamaram “Êxodo”. ÊXODO O livro tenta despertar a consciência mundial sobre o dia a dia de todos estes refugiados, da Índia, Vietnã, Filipinas jogos da América Latina, Palestina, Iraque jogos e de muitos outros lugares. Mas Sebastião sempre retornava ao continente que cativou a imaginação dele, desde sempre. A África. TANZÂNIA, Estava montando meu projeto de deslocamento de populações, em . Foi quando o presidente de Ruanda jogos O avião em que ele estava fora abatido. Isso deu início a um grande deslocamento de população para a Tanzânia, pois resultou numa repressão brutal contra o povo tutsi no Ruanda. Desta vez, fui um dos primeiros a chegar. Era uma catástrofe generalizada. Alguns fugiram para o Burundi, outros para o Congo e para Uganda jogos Fugiam para onde desse. As estradas já estavam repletas de gente. Pessoas que dormiam à beira da estrada carregando todos os pertences em bicicletas. As pessoas fugiam com o que podiam. Seguimos no sentido inverso dessa fuga. Fomos em direção à fronteira. Não havia seguranças, não havia nada. Quando entrei no Ruanda era aterrador. A quantidade de mortos jogos que encontrei nessa estrada. Uma granada havia explodido. Os que não morreram da granada foram assassinados a facão. Foi aí que eu entendi a dimensão jogos a magnitude da catástrofe que estava testemunhando. Foi genocídio o que aconteceu nesse país. Foram uns km até chegar nas cercanias de Kigali. Eram km de cadáveres. Retornei ali porque meu trabalho tratava das populações. Estava fazendo um livro sobre refugiados. Trabalhava sobre o “Êxodo”. Então, adentrei nos acampamentos e comecei a ver o volume de pessoas que abandonavam o Ruanda. O inferno que se instalou no paraíso. Era algo aterrador ver uma savana tão linda transformada em uma mega cidade. Em poucos dias, havia ali quase um milhão de pessoas. Em meio a toda essa angústia algo me tocou muito. Foi ver essa mãe com seu filho. E a confiança do filho nessa mãe. Yugoslávia, A violência e a brutalidade jogos não são o monopólio de estrangeiros, em países distantes. Estão aqui, ‘do lado de casa’ dentro da Europa, na antiga Yugoslávia. Algo extremamente chocante. Um ônibus vindo da Krajina passava pela Croácia jogos Uma pessoa foi morta por esse buraco aí. Os croatas mataram muita gente que fugia de Krajina. Uma violência generalizada, é o que mais doía. Dava desgosto em ver, a que ponto o ódio é contagioso, entende? Estes viram o que é violência. Famílias inteiras. Toda a população sérvia da Krajina foi expulsa. Assim, de repente, as pessoas foram expulsas de suas casas, à procura de um lugar para ir. Com o ‘vizinho da frente atirando em você’. Neste campo de refugiados perto de Tuzla, na Bósnia Central, são famílias que eram de Zepa, do enclave de Zepa, onde os sérvios assassinaram milhares de homens jovens. Nós estávamos lá no momento em que as famílias chegaram e se instalaram. Estavam num estado de amargura enorme. Só havia mulheres, idosos e crianças. Os homens mais novos haviam sido separados e assassinados, um a um. E o estranho é isso acontecer na Europa, exatamente no fim do século . E aqui, pelos carros, se vê que era gente que tinha certo nível de vida, um nível europeu. Um nível intelectual europeu. Uma infraestrutura europeia. E que perderam tudo isso. Centenas de quilômetros cheios de gente e de carros. Somos um animal muito feroz. Nós humanos, somos um animal terrível. Seja na Europa, seja na África, na América Latina, em toda parte. Somos de uma violência extrema, de verdade. Nossa história é uma história de guerras. É uma história que não tem fim. Uma história de repressão, uma história jogos doentia. Congo, A situação no Ruanda continuava piorando. O exército hutu que estava no poder, perdeu, e se retirou para o Congo, para a região de Goma. Antes haviam sido os tutsi que precisaram fugir da barbárie hutu. Depois, foram os hutus que fugiram com a retomada pelos tutsis. Portanto, todos os dois fugiram. Em poucos dias, no início de julho de , a região de Goma recebeu mais de dois milhões de pessoas. Instalava-se ali uma verdadeira catástrofe. Doenças como o cólera começaram a se espalhar e as pessoas passaram a morrer como moscas. Morriam a . pessoas por dia. Eu tirava fotos de pilhas de mortos como estas. Vi este homem chegar com o filho nos braços para jogá-lo na pilha. Depois ele foi embora, conversando com o amigo ao lado, como se nada tivesse acontecido. Não se conseguia enterrar as pessoas. Então, trouxeram tratores do exército francês que recolhiam os corpos aos montes, em dezenas, os espalhavam pelo chão jogos e cobriam com terra. O mundo inteiro deveria ver essas fotos para constatar quão monstruosa é a espécie humana. São crianças órfãs encontradas na estrada. Destas três crianças, os dois de olhos mais vivos sobreviveram. O que possui olhar triste estava morrendo. Ao sair dali, eu estava doente. Muito doente. Meu corpo adoeceu. Não era uma doença infecciosa, mas jogos minha alma estava doente. Voltei ao Ruanda um ano após a catástrofe. Para cobrir o retorno dos hutus que estavam no Congo e não tinham mais aonde ir. As Nações Unidas começaram a obrigá-los a voltar ao Ruanda. Ruanda, Dava a impressão que o planeta inteiro era coberto por tendas de refugiados. Quando acabei meu



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *