Radio Apocalipse Fm 106.3

Radio Apocalipse Fm 106.3, Radio Apocalipse Fm 106.3 ao Vivo Online

a promissora carreira de economista para recomeçar do zero. Regressaram a Paris e investiram o que tinham em caros equipamentos fotográficos. Por um tempo, Sebastião tentou fotografar esportes, tirou retratos, fez casamentos e até nus, antes de encontrar a vocação que possuía. Nigéria, Estas são minhas primeiras fotos. Estávamos em Tahoua. Eram jovens mães na fila para receber alimentos, porque houve uma grande seca na Nigéria, em . Para Lélia foi mais difícil porque ela estava grávida. Lembro uma vez que estávamos aí, hospedados na casa de uma amiga, em Niamey, O marabuto de Niamey se aproximou. Lélia estava de bermuda e era muito atraente. Ele chegou perto, sentou-se, e disse a Lélia: “Saia daí, venha sentar aqui, no meu colo!” Falei: “Senhor marabuto, temos um pequeno problema. “Essa mulher está grávida do jogos nosso primeiro filho.” “Então, é melhor se ela ficar aqui jogos ” E ele entendeu jogos a falta de jogos de sincronia do momento. E, bem jogos Ao final, conversamos tanto que ele levou kg de açúcar e foi-se, tão contente, como se tivesse levado Lélia. O filho Juliano, nasceu em Paris em . Aí está meu futuro colega e codiretor. Jovem mãe, Lélia continuou apoiando Sebastião, cheia de vontade. Junto com os estudos, trabalhava e divulgava os trabalhos de Sebastião onde podia, revistas, jornais e agências. Após algumas publicações relevantes, eles criaram coragem para iniciar o primeiro grande projeto fotográfico próprio: “Outras Américas” Sebastião percorreria toda a América do Sul. O pequeno Juliano habituou-se com as grandes ausências do pai. OUTRAS AMÉRICAS Desde que deixáramos o Brasil, em , eu sentia muita saudade da América Latina. Tomei a decisão de viajar pelos países vizinhos ao Brasil. Equador, Peru, Bolívia jogos E sonhava muito em conhecer as montanhas da América Latina. Os Andes. Nessa época, havia por lá uma profunda agitação social da Teologia da Liberação. Nesta viagem conheci no Equador um jovem padre de nome Gabicho. Tínhamos quase a mesma idade. Eu era jovem fotógrafo, e ele, jovem padre. Era ele quem levava a palavra de Deus e organizava os camponeses em cooperativas, difundindo a solidariedade. E como ele possuía toda essa comunidade a seu alcance, pude realizar viagens impressionantes. Aqui, estávamos além dos . metros de altura. Às vezes, subíamos , metros num só dia. Mas desfrutei enormemente a vida nessa paisagem e nessas comunidades. Estes são os saraguros, um grupo indígena do sul do Equador. Muito católicos, mas também grandes beberrões. Mais da metade da comunidade, em fins de semana, seja homens, seja mulheres, ficavam completamente bêbados. O camponês à esquerda chamava-se Lupe, de Guadalupe. Lupe ficou muito amigo meu. Nessa época, eu tinha cabelo comprido, cabelo claro, bem comprido. Tinha uma barba comprida, ruiva, clara. Andando juntos pelas montanhas, um dia ele aproximou-se e disse: “Olha, Sebastião, eu sei que você é um enviado dos céus.” Porque segundo uma lenda dos saraguros, os deuses, à imagem de Cristo, voltavam à Terra para vê-los, para observá-los e escolher quais mereciam ou não ir ao Céu. Percorrendo essas trilhas, ele me contava a vida dele. Tinha certeza que eu era alguém vindo ali para observá-los e contar lá em cima se estavam se comportando. Jamais encontrei na vida um povo inteiro vivendo noutro ritmo de tempo assim. Tive a impressão de ter passado uma centena de anos ali pois tudo era tão jogos lento jogos Era outra maneira de pensar, outra velocidade. Em seus rostos havia fatalismo. Esta é no Estado de Oaxaca, no México. É um grupo de camponeses conhecidos como mixes. Tudo é medieval, o arado jogos Tudo jogos Era a América Latina profunda. É um povo do campo. O mais importante para eles era a música. Eles adoravam música. Todo membro da comunidade que soubesse tocar alguma coisa não precisava trabalhar. Trabalhava como músico. Me deixaram dormir ali, alguns dias, num paiol de cimento, muito frio. Era um teste para ver se eu queria mesmo ficar. Como consegui, por um bom tempo, me tiraram dali e me levaram para uma casa e jogos me integrei mais à comunidade. Acabou sendo ótimo. Nos tornamos amigos e convivi em harmonia com a comunidade. Aqui é ao norte do México, são os tarahumaras. São grandes corredores, são velocistas. O caminhar deles é correndo. Deus, foi um inferno segui-los. Não andavam, voavam. Este é um tarahumara. Seu rosto é bem marcado, bem vivido. E belos cabelos, cabelo fantástico. Havia os que se aproximavam da câmera dando impressão que eu tinha um gravador de sons. Me contavam coisas como se eu estivesse gravando o que diziam. A força do retrato, é que naquela fração de segundo compreendemos um pouco da vida da pessoa fotografada. Os olhos contam muito, a expressão do rosto também. Quando se faz um retrato não é só você quem tira a foto, a pessoa oferece a foto a você. Essa viagem foi tão importante para mim. Voltar, após anos sem poder pisar em meu país e poder estar aqui. Na essência era o mesmo. Era meu continente, somos tão próximos. ‘Outras Américas’ significaram anos de trabalho de Sebastião. Nessas viagens ao coração da América Latina, ele sumia por longos períodos de tempo. Juliano crescia, tendo um pai ausente. Os pais podiam enviar e receber cartas, ao menos. Na época não havia comunicação por satélite. Cada vez que ele voltava para ver a família e editar as fotografias junto com Lélia, aos olhos do filho, Sebastião aparecia como o grande aventureiro. Um super herói, muito mais que o fotógrafo. E jogos Corta! Corta para mim. Aqui estou eu, anos depois, quando viajei com meu pai pela primeira vez. Estávamos em Wrangel, uma ilha deserta, no oceano Ártico. Sebastião desejava fotografar o último grande encontro de morsas e eu queria descobrir como era meu pai de verdade. Durante aquela viagem, finalmente, eu iria conviver com o fotógrafo e com o aventureiro. Maldito urso! A caça dele somos nós. Inacreditável! O urso espantou todas elas para a água. No que está pensando? Está pensando em que, pai? Pensando que não sei. Vai ser complicado de fazer essa história. Se isso é que é o bom jogos ? É jogos Tem a diferença que o urso tá perto. Você poder fazer um urso.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *