Radio Adonai 88.5 FM Ribeirão Preto

Radio Adonai 88.5 FM Ribeirão Preto, Radio Adonai 88.5 FM Ribeirão Preto ao Vivo Online

Ei, você curte isso? Estou bebendo. Na verdade, não. Quero saber o que achou do assalto. É uma sequência incrível. Precisa ser reescrita, entende? Ninguém assalta um carro-forte à luz do dia. É ridículo. Falta subterfúgio. O quê? Pra você, amor. Gostou dela? É ótima pessoa. Com umas tomadas aéreas, acho que jogos Vamos para o quarto. Se pudéssemos discutir melhor o desfecho jogos Vejo a chance de passar uma mensagem. Desculpe, podemos terminar logo. Não quero atrapalhar. Por que não vão pra cama? Vamos já. Desculpe, tem um segundo? Não estou acostumado a isso. Já transei com a Gina antes. Não vai se arrepender. Acredite. Todos juntos? É. Algum problema? Nunca transou com duas mulheres? O problema não são elas. O lance é você. Não vamos transar. Você gosta de mulher, não? Se fosse eu sozinho com , , , eu não ia ligar. Minha presença o perturba? Um homem nu, em si jogos não é problema para mim. É preciso fechar a porta? Já esteve em vestiário masculino? Claro. Fui campeão de atletismo. Então, qual o problema? Não sei como explicar. Sinto pânico próximo à genitália masculina jogos engajada em ato sexual. Fora que estou enjoado do avião. Vocês, escritores, são muito sensíveis. Deviam escrever cartões de Natal, não roteiros. Qual o problema? Não está a fim? Estou só jogos cansado. Tomei bebida alcoólica. Você é o escritor do Brandon. Bem, sou escritor. Eu escrevo. Escrevi alguns roteiros. Sério? Conhece Chekhov? Sim. Escrevo igual a ele. Escreve igual a ele? Que tal a cena da igreja quando Sonnyboy é morto pelo irmão? A gente volta a conversar sobre isso. Vou pra África amanhã fazer um filme e depois tenho outro em LA. Aí, teremos tempo pra conversar. Mas quero filmar seu roteiro. Só precisa de uns retoques. E eu, de tempo pra pensar. Boa viagem de volta a NY. Meu agente liga pra falar dos mil. Talvez possa pagar devagar. Ele te liga. Bonnie? Está sentada? Não, eu só jogos Acho que acordei. Resolvi terminar meu romance. Sim, eu sei. Não, nada vai me impedir. Vou trabalhar à noite, no fim de semana, o que for. Cheguei em casa, fui revisar os capítulos escritos jogos mas não achei. E pensei: “Deus, devo ter jogado fora por engano”. Entrei em pânico! Não, acabei achando. Mas o pânico me fez perceber como são importantes pra mim. Aí, reli o que havia escrito e jogos Eles contêm cada aspiração que tenho jogos cada sentimento autêntico, cada idéia. Por isso não tenho opção. Tenho de terminar. Isso sou eu. Amo este livro. Amo mesmo. Puxa, obrigado. Oi. Entre. Obrigada. Você está bem? Parecia tensa ao telefone. Não, não. Entre. Quer uma bebida? Aceito um vinho branco, se tiver. Vou explicar. Ao conversarmos depois do programa jogos falamos por alto sobre, desculpe o termo jogos técnicas sexuais. Lembra? Algumas regras jogos algumas estratégias pra satisfazer um homem na cama. Não sei por que estou tão nervosa! Ensaiei tudo ontem à noite. Agora estou confusa. Tome mais vinho. Obrigada. Quero que me mostre algumas coisas. Na televisão? Não. A mim, particularmente. Vou explicar. O meu namorado, que amo de paixão jogos é muito ativo sexualmente. O que é ótimo! Temos uma vida sexual muito estável jogos de muito contato físico. Claro que de contato físico! Mas o triste é que jogos Bem, não. Me divorciei há pouco do homem que conheci na faculdade jogos e que eu amava, mas que foi minha única relação. Digo isso porque a respeito como profissional. Acho que não o satisfaço sexualmente. Venho de uma família muito conservadora jogos que me ensinou desde a infância jogos que muita coisa no sexo é errado. Segundo minha mãe, é até pecado. Então jogos frequentei uma escola católica, sabe? Não que Tony reclame jogos mas sinto que eu, na verdade, não jogos Ele está sendo gentil. Talvez seja uma prova de afeição que ele me procure e goste tanto. Não entenda mal. Nós gostamos. Adoro ser desejada e transar. Mas sinto que posso melhorar. E quero que ele tenha o melhor. Não quero que, após certo tempo, ele deseje outras mulheres. Eu não ia aguentar outra vez. Fui clara? Sim. Está querendo umas aulas. Acho que sim. Isso não é comum. Ou talvez seja! Claro que vou pagar. Por que não vai a um terapeuta? Não, não! Não quero uma relação mecânica. Quero alguém que me ensine jogos sacanagem! Se é que me entende. Só não sei por onde começar. Que tal pelo sexo oral? Porque sinto que não faço de forma natural. É forçado. Tenho dificuldade de respirar. Uma vez, a jaqueta do meu dente caiu, e engoli. Você gosta? Não me incomodo. Mas gosta? O que pensa na hora? Na crucificação. Não posso evitar. É minha educação. Certo, por que não me mostra como faz? Agora? É, pegue e mostre seu boquete. Vai. Põe na boca. Meu Deus! Você já o machucou? Não. Fui muito bruta? Bem, um pouco jogos Sou ávida demais. Eu tento. Tento mesmo. Está bem, vou mostrar. Vou mostrar. Preste atenção. Em câmera lenta. Você engole tanto quanto jogos A penetração é importante. Preste atenção, falou? Meu Deus! Engasgou? Engasgou! Meu Deus! Levante os braços! Meu Deus, levante os braços outra vez! Força! Saiu? Sinto muito! Quer água? Estou bem. Me sinto mal, como se fosse culpa minha. Não, tudo bem.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *